Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2007 → Variação espacial e sazonal do banco de sementes do solo em uma área de caatinga, Serra Talhada,PE

Universidade Federal Rural de Pernambuco (2007)

Variação espacial e sazonal do banco de sementes do solo em uma área de caatinga, Serra Talhada,PE

PESSOA, Luciana Maranhão

Titre : Variação espacial e sazonal do banco de sementes do solo em uma área de caatinga, Serra Talhada,PE

Auteur : PESSOA, Luciana Maranhão

Université de soutenance : Universidade Federal Rural de Pernambuco

Grade : Mestre em Botanica 2007

Résumé
Este trabalho objetivou compreender a variação sazonal e espacial do banco de sementes da caatinga em duas situações topográficas (encosta superior e inferior) e tipos de erosão (sulcos e entressulcos) em épocas seca e chuvosa. Foram realizadas 60 coletas de amostras de solo e instalados 60 vergalhões de ferro, próximos ao local de cada coleta do solo, no intuito de avaliar o nível de remoção e deposição do solo, nas duas estações climáticas e nos sulcos e entressulcos. A densidade do banco foi avaliada do método de emergência de plântulas. Cerca de 79% das sementes germinadas no banco são herbáceas anuais. A densidade de sementes viáveis germinadas foi maior na época de chuva (5.727,3 sementes/m2) que na época de seca (1.369,0 sementes/m2). A encosta superior apresentou maior número de indivíduos em ambas as épocas. Com relação aos tipos de erosão, houve apenas diferença significativa na época chuvosa, onde os entressulcos apresentaram maior número de sementes e maior remoção do solo. A variação sazonal do banco é registrada em outras áreas áridas e semi-áridas do mundo que também apontam predomínio de herbáceas de ciclo de vida curto e maior densidade no período chuvoso. Possíveis explicações para estes padrões apontam a necessidade de mais estudos sobre erosão de caatinga, uma vez que os resultados dos processos de remoção-deposição diferiram do relatado na literatura.

This study aimed to contribute to the understanding of the seed bank seasonal and spatial variation in two different topographic situations (upper and lower slopes), two types of erosion (rills and interrills) and two periods (dry and rainy seasons) in an area of caatinga located in Serra Talhada municipality, state of Pernambuco (PE). Sixty soil samples were collected and 60 erosion pins were installed near each soil collection spot, in the intention of evaluating the removal level and deposition of the soil, in the two climatic seasons and in the rills and interrills. The bank’s density was evaluated by the emerged plantules method. About 79% of the seeds germinated in the bank are herbaceous annual. The density of germinated viable seeds was greater during the rainy (5.727,3 seeds/m2) that in the dry season (1.369,0 seeds/m2), and the upper than in the lower slope in both period. With relationship to the erosion types, there was just at that significant difference rainy season, where the interrills presented greater number of seeds and larger removal of the soil. The seasonal variation of the bank is registered in other arid andsemi-arid areas of the world that also point prevalence of herbaceous of short life cycle and larger density in the rainy period. Possible explanations for these patterns point the need of more studies on caatinga erosion, once the results of the removal-deposition processes differed of the told in the literature.

Présentation

Version intégrale

Page publiée le 3 avril 2010, mise à jour le 21 février 2019