Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2007 → Disponibilidade de cálcio, ferro, zinco e vitamina A em alimentos deconsumo habitual em municípios semi-árido e da zona da mata, da região nordeste

Universidade Federal de Pernambuco (2007)

Disponibilidade de cálcio, ferro, zinco e vitamina A em alimentos deconsumo habitual em municípios semi-árido e da zona da mata, da região nordeste

Estevam Fernandes Carolina

Titre : Disponibilidade de cálcio, ferro, zinco e vitamina A em alimentos deconsumo habitual em municípios semi-árido e da zona da mata, da região nordeste

Auteur : Carolina Estevam Fernandes

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestre em Nutricao 2007

Résumé
A despeito dos avanços tecnológicos e expansão do conhecimento relativos à alimentação e nutrição, a ingestão insuficiente de nutrientes, em especial de micronutrientes, ainda atinge parcela significativa da população brasileira e mundial, considerada um grave problema de saúde pública. Este trabalho complementou os estudos do Grupo de Pesquisa em Nutrição em Saúde Pública do Departamento de Nutrição da UFPE, os quais foram desenvolvidos nos municípios de Gameleira-PE (Zona da Mata) e São João do Tigre-PB (Semi-árido) da região Nordeste do Brasil, com o objetivo de caracterizar a composição de micronutrientes em alimentos habitualmente consumidos nos municípios citados. Tal informação foi obtida da análise do banco de dados do grupo de pesquisa mencionado anteriormente, sendo avaliados no total 21 tipos de alimentos e 20 preparações incluindo, as áreas rural e urbana das duas regiões. Concentrações de Ca, Fe e Zn foram determinadas pela técnica de espectrofotometria de absorção atômica e de Vitamina A por espectrofotometria no UV-visível. Os resultados encontrados superaram aqueles das tabelas de composição para vários alimentos, especialmente no que se refere aos valores de Vitamina A. O processamento culinário modificou a disponibilidade dos micronutrientes de forma significante com aumento dos valores de minerais e redução de Vitamina A. A avaliação de cada alimento como fonte de nutriente em relação à Ingestão Dietética Recomendada para crianças (1-3 anos) e gestantes, revela maior cobertura das necessidades relativas aos micronutrientes estudados, para a criança. Considerados os alimentos como fonte de cálcio, ferro, zinco e Vitamina A, disponíveis na maioria dos domícilios, o perfil alimentar das famílias das duas localidades mostra situação de risco para a deficiência desses minerais e vitamina

Présentation

Version intégrale (1,68 Mb)

Page publiée le 4 avril 2010, mise à jour le 3 septembre 2018