Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2020 → Erosão pluvial e escorregamentos no estado de Pernambuco : áreas de ocorrências, unidades de paisagem e banco de dados geográfico

Universidade Federal de Pernambuco (2020)

Erosão pluvial e escorregamentos no estado de Pernambuco : áreas de ocorrências, unidades de paisagem e banco de dados geográfico

XAVIER, Joaquim Pedro de Santana

Titre : Erosão pluvial e escorregamentos no estado de Pernambuco : áreas de ocorrências, unidades de paisagem e banco de dados geográfico

Auteur : XAVIER, Joaquim Pedro de Santana

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado – Geografia 2020

Résumé
Erosão pluvial e escorregamentos são processos morfodinâmicos que, além de modelarem o relevo, podem causar grandes externalidades negativas para a sociedade. O estudo destes processos carece de disponibilidade de dados, principalmente, quanto ao local de ocorrência e sua distribuição temporal em bancos de dados, úteis ao planejamento urbano, à previsão espacial, às padronizações, entre outros. A lacuna de dados desta natureza está presente em todo o Brasil, especialmente, no estado de Pernambuco. Dessa forma, o objetivo principal deste trabalho foi elaborar um Banco de Dados, georreferenciado em Sistema de Informação Geográfica (SIG), com informações sobre as ocorrências de erosão pluvial e de escorregamento em escala regional para o estado de Pernambuco. Especificamente, objetivou-se (i) Definir e caracterizar espacialmente as diferentes unidades de paisagem no estado de Pernambuco e seus componentes ; (ii) catalogar e padronizar ocorrências já registradas e (iii) relacionar as ocorrências dos processos ora catalogados em unidades de paisagens diferentes. Para isso, as unidades de paisagem foram delimitadas pela sobreposição dos dados/critérios de domínio geomorfológico, vegetação natural e clima. O banco de dados foi construído pela captura de ocorrências de processos erosivos e escorregamentos em Pernambuco tanto por meio de fontes secundárias quanto primárias. Por fim, todas as ocorrências foram catalogadas em planilhas eletrônicas (banco de dados), vetorizadas em ambiente SIG e sobrepostas ao mapa de Unidades de Paisagem, visando verificar a ocorrência de cada processo por unidade. Foram delimitadas 39 unidades de paisagem e catalogadas990 ocorrências de erosão pluvial e 3.117 ocorrências de escorregamentos. Os processos erosivos ocorreram de forma generalizada no estado, mas aproximadamente 50% localizaram-se na unidade Piemonte da Borborema com Floresta Ombrófila Densa e clima Tropical Úmido quente. Em linhas gerais, as erosões ocorrem em relevos ondulados, com rochas cristalinas, sobre Latossolos e Argissolos em áreas agrícolas (danos na produtividade). Os escorregamentos concentraram-se na unidade Piemonte da Borborema com Floresta Ombrófila Aberta e clima Tropical Úmido quente, sobretudo, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata em terrenos declivosos, sobre a Formação Barreiras, solos maduros (Latossolos e Argissolos) em áreas urbanas com perdas econômicas e sociais. Este trabalho padronizou as ocorrências dos processos em Pernambuco e tem potencial para embasar outras pesquisas com estes processos tais como modelagem, avaliação do risco, perigo, vulnerabilidade entre outros

Présentation

Version intégrale (10,5 Mb)

Page publiée le 10 décembre 2020