Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2020 → Potencial de sorção de fósforo por materiais adsorventes naturais do semiárido para controle de eutrofização

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) 2020

Potencial de sorção de fósforo por materiais adsorventes naturais do semiárido para controle de eutrofização

Brito, Fernanda Monicelli Câmara

Titre : Potencial de sorção de fósforo por materiais adsorventes naturais do semiárido para controle de eutrofização

Auteur : Brito, Fernanda Monicelli Câmara

Université de soutenance : Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Grade : Mestrado em Engenharia Sanitária e Ambiental 2020

Résumé partiel
O gerenciamento da eutrofização pode ser feito através da geoengenharia, que manipula o ciclo biogeoquímico do fósforo, imobilizando-o através da sorção, que por sua vez é um processo que inclui principalmente a adsorção e a precipitação. Dentre os materiais utilizados pela geoengenharia pode-se usar materiais naturais que têm apresentado resultados promissores. O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial de sorção de fosfato de três adsorventes naturais, comparando com a bentonita modificada com lantânio (BML) ; testar o efeito do pH e das substâncias húmicas sobre a sorção de fosfato. Os adsorventes naturais testados foram : Luvissolo, Rejeito de Scheelita e Planossolo, e comparados com a BML, como adsorvente sintético. Foram feitas análises físicas, químicas e mineralógicas dos adsorventes e após isso testes de adsorção, sob pH 6, 8 e 10. O Luvissolo e Planossolo foram tratados para reduzir as substâncias húmicas. Os resultados foram colocados nos modelos de Langmuir e Freundlich. O pH da solução foi afetado pelo Rejeito, Planossolo e BML. Em termos de porcentagem de remoção de fosfato, o Rejeito e o Planossolo se saíram melhores, dentre os naturais, com valores em torno de 40 a 60% até 20 mg g-1 de PO4 3-. A isoterma de Langmuir se adequou a todos os adsorventes, enquanto a de Freundlich apenas aos naturais. O Rejeito foi o adsorvente natural que obteve uma maior capacidade máxima de adsorção (Q), 8,5mg g-1, seguido do Planossolo,7,8 mg g-1, ambos obtiveram valores maiores de Q em pH 8. Rejeito e Planossolo sob pH 10 e Luvissolo sob pH 10 e 8 não foram estatisticamente significativos

Présentation

Version intégrale (9,8 Mb)

Page publiée le 8 décembre 2020