Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Portugal → A sustentabilidade do desenvolvimento em Cabo Verde no contexto dos pequenos Estados insulares : a política pública de energia

Universidade de Lisboa (2018)

A sustentabilidade do desenvolvimento em Cabo Verde no contexto dos pequenos Estados insulares : a política pública de energia

Oliveira, Luzia Mendes,

Titre : A sustentabilidade do desenvolvimento em Cabo Verde no contexto dos pequenos Estados insulares : a política pública de energia

Auteur : Oliveira, Luzia Mendes,

Université de soutenance : Universidade de Lisboa

Grade : Doutoramento em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável 2018

Résumé
Esta tese pretende analisar a política pública de energia, com enfoque na estratégia “Cabo Verde 100% de energia renovável na rede elétrica em 2020”. Tal análise debruçar-se-á sobre os aspetos institucionais, políticos, económicos, tecnológicos e de natureza temporal que possam influenciar a viabilização desta estratégia. Igualmente, pretende-se aferir sobre a disponibilidade da população e da sociedade civil em colaborar na sua concretização. A pesquisa foi suportada em recolha bibliográfica, análise documental, inquéritos de opinião à população e entrevistas a diversos stakeholders que intervêm nesta política pública. A principal conclusão desta investigação é que esta meta de política pública, definida em 2015, dificilmente será exequível, primeiramente porque, quando comparada a taxa de penetração das renováveis na rede elétrica naquela altura e também a atual (aproximadamente 25%) com a restante percentagem que falta para chegar os 100%, vê-se claramente que é impossível ser atingida num curto espaço de tempo (de três anos). Outrossim, as condições económicas, institucionais, tecnológicas e políticas não permitem que esta meta dos 100% seja cumprida. Contudo, existem, por um lado, enormes potencialidades em termos de recursos endógenos (principalmente o solar e eólico), um percurso já feito nesta matéria, um know-how adquirido e ainda uma grande sensibilização e mobilização dos stakeholders em torno da sua concretização, aspetos que devem ser valorizados na implementação de futuras políticas da sustentabilidade energética.

Présentation

Version intégrale (4,5 Mb)

Page publiée le 24 mars 2021