Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Nouvelles publications → 2018 → Teores de metais pesados em solo irrigado com água residuária

Novas Edições Acadêmicas (2018)

Teores de metais pesados em solo irrigado com água residuária

Adriana de Fátima Mendes Oliveira ; Fabrícia G. Fernandes ; Rafael O. Batista

Titre : Teores de metais pesados em solo irrigado com água residuária

Teores de metais pesados em cambissolo irrigado com proporções de efluente doméstico e água de poço

Auteur (s)  : Adriana de Fátima Mendes Oliveira ; Fabrícia G. Fernandes ; Rafael O. Batista
Editeur  : Novas Edições Acadêmicas
Date de parution : 21.01.2018
Pages : 68

Présentation
O semiárido brasileiro é caracterizado por apresentar um curto período chuvoso, temperatura elevada e alta taxa de evaporação. Quanto à quantidade de água no solo disponível às plantas, nessa região, registra-se uma deficiência hídrica na grande maioria dos meses do ano (BRASIL, 2012b). Além disso, o esgotamento sanitário inadequado ou inexistente afeta, diretamente, a saúde e as condições de vida das populações, nos quais as doenças infecciosas continuam sendo uma importante causa de mortalidade (IBGE, 2010).O aporte de nutrientes das águas residuárias doméstica estimula a prática do reuso na produção agrícola, porém a presença de metais pesados, mesmo que em baixas concentrações, pode acarretar problemas ambientais no longo prazo. O presente trabalho objetivou analisar a qualidade do esgoto doméstico e da água de poço de um assentamento rural do semiárido Potiguar, bem como a alteração dos teores de metais pesados de um cambissolo cultivado com pimenta malagueta e irrigado com proporções de efluente e água de poço. Para isso, uma área experimental de 744 m² foi montada no assentamento Milagres em Apodi-RN.

Annonce de l’ouvrage et achat (€ 35,90 en 2021)

Page publiée le 18 juillet 2021