Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Livres → 2016 → Desenvolvimento do Índice de Pobreza Hídrica - Semiárido Brasileiro

Novas Edições Acadêmicas (2016)

Desenvolvimento do Índice de Pobreza Hídrica - Semiárido Brasileiro

Renata Mendes Luna ; José Nilson B. Campos ; Ticiana M. C. Studart

Titre : Desenvolvimento do Índice de Pobreza Hídrica - Semiárido Brasileiro

Auteur (s)  : Renata Mendes Luna ; José Nilson B. Campos ; Ticiana M. C. Studart
Editeur  : Novas Edições Acadêmicas
Date de parution : 15.04.2016
Pages : 116

Présentation
Este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento do Índice de Pobreza Hídrica (IPH), próprio para o Semiárido brasileiro, e aplicá-lo como ferramenta de diagnóstico das áreas mais críticas da região, possibilitando direcionar ações que permitam a melhoria na qualidade de vida e bem-estar de suas populações. Para tanto, foi escolhida uma área-piloto, a bacia do Salgado, no sul do Estado do Ceará, e selecionadas as variáveis a se trabalhar. Com base na escolha e análise dessas variáveis, foram trabalhados quatro indicadores : disponibilidade, acesso, capacidade e meio ambiente, sendo gerados indicadores absolutos e relativos. Para o cálculo dos indicadores absolutos, foram utilizados valores de referência para regiões semiáridas ; já para os relativos, os valores obtidos para cada um dos municípios da Bacia. Com base nesses indicadores, foram gerados índices absolutos e relativos. A aplicação do IPH na referida bacia revelou que os municípios mais problemáticos em termos de pobreza relacionada às questões hídricas são Umari, Caririaçu, Abaiara e Jardim e os melhores resultados foram obtidos para os Municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha.

Annonce de l’ouvrage et achat (€ 49,90 en 2021)

Page publiée le 24 décembre 2021