Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2020 → Avaliação de saúde no contexto das atividades culturais e cotidianas de comunidades quilombolas do semiárido nordestino

Universidade de Fortaleza (UNIFOR) 2020

Avaliação de saúde no contexto das atividades culturais e cotidianas de comunidades quilombolas do semiárido nordestino

Vicente, Patricia Ribeiro

Titre : Avaliação de saúde no contexto das atividades culturais e cotidianas de comunidades quilombolas do semiárido nordestino

Auteur : Vicente, Patricia Ribeiro

Université de soutenance : Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Grade : Mestrado Em Saúde Coletiva 2020

Résumé partiel
A Saúde Coletiva é o efeito das interações socioeconômicas de uma sociedade com o ambiente físico e social de um contexto, sendo essa conjuntura determinante na condição de saúde das pessoas. Dentre os múltiplos mecanismos de promoção da saúde, a condição nutricional se apresenta de fundamental relevância para avaliar os padrões de segurança alimentar das distintas populações. De igual maneira, a saúde bucal é uma ferramenta que contribui de modo significativo. No caso de comunidades quilombolas, as estratégias de promoção à saúde passam pelo conhecimento dos riscos e das desigualdades sociais que há nesses grupos sociais. Essa realidade legitima o papel da Saúde Coletiva como instrumento de prevenção de patologias e demais problemas de saúde dessas comunidades. Ante o exposto, objetivou-se analisar a condição de saúde e sua relação com as atividades culturais e cotidianas das comunidades quilombolas Canabrava, Custaneira e Tronco. Esta investigação delineou-se como estudo transversal, de base populacional, cuja população-fonte foi representada pelos habitantes adultos e idosos de ambos os sexos de três comunidades quilombolas localizadas no Município de Paquetá, Piauí. A amostra constituiu-se de 120 moradores. As variáveis pesquisadas incluíram dados sociodemográficos, condição nutricional por intermédio do The Mini Nutritional Assessment MNA®, saúde bucal, considerando o desconforto bucal e participação em atividades cotidianas e culturais locais. Os dados foram analisados por meio do Software ¿Statistical Package for Social Science¿ ¿ SPSS® versa¿o 24.0 IBM®. Os resultados apontam idade variando de 18 a 46,7 anos (DP 17,0). A hipertensão (18,3%) e distúrbios cardiovasculares (17%) são as doenças de ordem sistêmica predominantes. Constatou-se baixa incidência de alcoolismo (29,2%) e tabagismo (9,2%). Na avaliação nutricional, registra-se estado normal (40,8%), sob risco de desnutrição (56,7%) e desnutrido (2,5%). Quanto a saúde autorreferida, prevalece a indicação razoável (68,3%). No concernente às práticas culturais, a maioria participa de 3 a 5 atividades (72,5%), habitualmente, enquanto, das atividades cotidianas, 87,5% praticam agricultura de subsistência.

Présentation

Page publiée le 7 avril 2022