Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2021 → Análise dos usos múltiplos da água da barragem de Jucazinho na bacia hidrográfica do rio Capibaribe, Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco (2021)

Análise dos usos múltiplos da água da barragem de Jucazinho na bacia hidrográfica do rio Capibaribe, Pernambuco

FRANCISCO, Iêdja Firmino da Silva

Titre : Análise dos usos múltiplos da água da barragem de Jucazinho na bacia hidrográfica do rio Capibaribe, Pernambuco

Auteur : FRANCISCO, Iêdja Firmino da Silva

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos em Rede Nacional 2021

Résumé
Os problemas relacionados a demandas e ofertas de recursos hídricos são uma preocupação mundial. A gestão de recursos hídricos, dentro de um contexto de escassez, é um grande desafio, sobretudo devido à intensificação das atividades humanas, que aumentam gradativamente. A barragem de Jucazinho, localizada no agreste de Pernambuco, entre os municípios de Cumaru e Surubim, é o principal manancial ao abastecimento de várias outras unidades municipais no entorno destes dois, com cerca de 800 mil pessoas beneficiadas. Por se encontrar em uma área historicamente acometida por secas, que influenciam inúmeros aspectos locais, repercutindo sobre as dimensões econômicas, sociais e ambientais, a barragem é um objeto de estudo relevante, em especial no campo da gestão de recursos hídricos. Assim, os objetivos deste trabalho são analisar os usos dos recursos hídricos da barragem ; descrever como se dá o acesso a eles ; identificar a percepção dos diversos atores envolvidos no contexto em Cumaru e Surubim e os conflitos pelo dos recursos. O trabalho utiliza a procedimentos metodológicos qualitativos, com observações diretas em campo e de entrevistas semiestruturadas junto aos sujeitos envolvidos no referido contexto — usuários, membros do comitê de bacia hidrográfica do rio Capibaribe e representantes dos poderes públicos e privados. Com base nisso, identificou-se a percepção de diversos atores sobre : a gestão de recursos hídricos na região ; como ocorre o abastecimento das áreas urbanas e rurais, destacando as redes de distribuição, carros-pipa e cisternas públicas ; os mais proeminentes conflitos pelo uso dos recursos, inclusive com definição de momentos de baixa disponibilidade hídrica e, também, fragilidades infraestruturais ; além de a importância de se ter tais recursos atendendo aos parâmetros de potabilidade. De modo geral, com a identificação dos principais usos dos recursos hídricos da barragem de Jucazinho e das eventuais situações de conflitos, foram propostos aperfeiçoamentos às prátcas dos usuários, dos representantes da sociedade civil organizada e do poder público, com ações de curto, médio e longo prazo.

Présentation

Version intégrale (2,42 Mb)

Page publiée le 27 décembre 2022