Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Análise multi-temporal da cobertura vegetal por índice de vegetação no município de Cabaceiras, semiárido paraibano

Universidade Federal de Pernambuco (2021)

Análise multi-temporal da cobertura vegetal por índice de vegetação no município de Cabaceiras, semiárido paraibano

CAVALCANTI, Maria Luíza Coelho

Titre : Análise multi-temporal da cobertura vegetal por índice de vegetação no município de Cabaceiras, semiárido paraibano

Auteur : CAVALCANTI, Maria Luíza Coelho

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado Desenvolvimento e Meio Ambiente 2021

Résumé
Na região semiárida do nordeste brasileiro ocorre a extração ilegal da biomassa florestal. A Paraíba tem um grande potencial, sua vegetação e recursos madeireiros desenvolve um importante papel na economia regional, com a produção de lenha e carvão, além da produção animal. Embora esses aspectos sejam importantes para a economia, promovem a supressão da cobertura vegetal, e de forma associada com a intensificação dos fatores climáticos tem proporcionado grandes mudanças no semiárido paraibano, a exemplo do que ocorre no município de Cabaceiras. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi realizar uma análise da cobertura vegetal com um recorte do município de Cabaceiras, para identificar a situação atual e as mudanças ocorridas no período de 2009 a 2019, utilizando diferentes índices de vegetação. Para a realização do trabalho, foram adquiridas imagens da série LANDSAT para os anos de 2009 e 2019, disponibilizadas gratuitamente pelo UnitedStates Geological Survey (USGS). O software utilizado para o processamento das imagens foi o QGIS, versão 3.4.13. Com relação aos índices, foram selecionados os de mais larga aplicabilidade, incluindo o Índice de Vegetação da Razão Simples (SRI), o Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (NDVI), e o Índice de Vegetação Ajustado para o Solo (SAVI). Os resultados evidenciam a eficiência do uso do sensoriamento remoto para análise da cobertura vegetal. É possível verificar que existe regeneração em alguns pontos, porém também mostra uma grande transformação de áreas de vegetação, levando ao aumento de vegetações de baixa densidade em detrimento das de alta e média densidade no período de 2009 a 2019, com destaque especial para a região central do município de Cabaceiras. Esse resultado sugere que os órgãos ambientais por mais que estejam atentos para executar algum tipo de controle sobre a supressão da vegetação de caatinga, ainda assim é uma ação insuficiente, visto que se verificou em boa parte do município a diminuição da cobertura vegetal. Isso sugere a atenção tem sido dada para áreas específicas e a exploração da caatinga tem ocorrido em todo o município, aumentando a fragmentação florestal. Esse resultado é um alerta para a dificuldade de fiscalização, quando a exploração é realizada em pequenas áreas de forma difusa e sem planejamento em todo o município.

Présentation

Version intégrale (1,5 Mb)

Page publiée le 11 janvier 2023