Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Proposta e avaliação de modelo de gestão de sistema de abastecimento de água no meio rural no estado de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco (2021)

Proposta e avaliação de modelo de gestão de sistema de abastecimento de água no meio rural no estado de Pernambuco

LAFAYETTE, Fernandha Batista

Titre : Proposta e avaliação de modelo de gestão de sistema de abastecimento de água no meio rural no estado de Pernambuco

Auteur : LAFAYETTE, Fernandha Batista

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado em Engenharia Civil 2021

Résumé
A busca incessante pela universalização dos serviços de abastecimento de água no Brasil é um desafio de longas datas. Para os gestores de recursos hídricos, assim como para os formuladores de políticas públicas, garantir o abastecimento de água de qualidade no meio rural é um desafio recorrente, especialmente pela distribuição espacial das comunidades difusas. Outro desafio diz respeito a promover a sustentabilidade destes sistemas. Nesse cenário, este trabalho teve como objetivo apresentar a demanda hídrica e o diagnóstico situacional da população rural, propor critérios de hierarquização para investimentos na busca pela universalização dos serviços, inclusive sugerindo o conceito de Índice de Concentração Rural (ICR), validado pelo método DELPHI ; avaliar através da análise SWOT o primeiro SISAR em Pernambuco, e especialmente, analisar o modelo de gestão compartilhada de sistema de abastecimento de água no meio rural no Semiárido do Estado de Pernambuco. A avaliação do projeto piloto se deu na comunidade de Santo Antônio II, no município de Afogados da Ingazeira, e foram analisados 24 parâmetros voltados ao desempenho institucional, no âmbito da eficiência operacional, comercial e financeira, dentre os quais : risco de interferência política, cobertura da rede e controle de qualidade da água. Somente 2 foram classificados como ruins, 62,5% tiveram classificação ótima e 29,2% regular, concluindo-se que o modelo apresentou um bom desempenho institucional, e adequada eficiência operacional, comercial e financeira. Desta forma, o modelo de gestão compartilhada é recomendado para replicação, como também deve ser fortalecido em prol da busca pela universalização e sustentabilidade do serviço de abastecimento de água no meio rural em Pernambuco.

Présentation

Version intégrale (6,3 Mb)

Page publiée le 11 janvier 2023