Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2021 → Aplicação de modelo de simulação hidrológica com regionalização de parâmetros para regiões semiáridas

Universidade Federal de Pernambuco (2021)

Aplicação de modelo de simulação hidrológica com regionalização de parâmetros para regiões semiáridas

FEITOZA, Maria Alice Britto

Titre : Aplicação de modelo de simulação hidrológica com regionalização de parâmetros para regiões semiáridas

Auteur : FEITOZA, Maria Alice Britto

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental 2021

Résumé
A região semiárida é caracterizada pela ocorrência de eventos extremos, principalmente as secas. O seu clima é responsável pela variação dos demais elementos da paisagem, como o solo e vegetação, e apresenta características marcantes como a irregularidade das precipitações, elevadas temperaturas e o déficit hídrico. Buscando suprir a necessidade de um modelo hidrológico específico para esse tipo de região surgiu o Campus Agreste Watershed Model Versão IV, que é um modelo conceitual do tipo chuva-vazão de simples utilização e com poucos parâmetros calibráveis, que pode ser utilizado no processo de regionalização associado às suas simulações. Este modelo utiliza técnicas de geoprocessamento para obtenção de parâmetros físicos das bacias : característica que, associada às citadas anteriormente, o tornam potencialmente uma ferramenta para os órgãos responsáveis pelo gerenciamento dos recursos hídricos da região. O objetivo principal desse trabalho é a aplicação do modelo CAWM IV a parte da região semiárida, utilizando o processo de regionalização de parâmetros do modelo para dar suporte à transferência de dados entre as bacias. A área de estudo abrange a região semiárida dos estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, totalizando 45 sub-bacias delimitadas a partir de postos fluviométricos. Foram obtidos os dados hidrológicos e físicos de cada uma das sub-bacias em estudo. Para os dados hidrológicos foram utilizadas rotinas de programação desenvolvidas em linguagem Python para realizar o processamento e tratamento dos mesmos. Já para os dados físicos, foram utilizadas ferramentas de geoprocessamento presentes no software QGIS associadas a bancos de dados. Por fim, foram realizadas calibrações, validações e regionalização de parâmetros para verificar a adequação do modelo, que se mostrou eficiente e com resultados satisfatórios, comparando-se com resultados de outro modelo para a mesma região em estudo.

Présentation

Version intégrale (6,4 Mb)

Page publiée le 21 décembre 2022