Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2020 → Diversity and biotechnological potential of rhizobia isolated from lima bean nodules collected at semi-arid region

Universidade Federal de Lavras (2020)

Diversity and biotechnological potential of rhizobia isolated from lima bean nodules collected at semi-arid region

Rodrigues, Tainara Louzada

Titre : Diversity and biotechnological potential of rhizobia isolated from lima bean nodules collected at semi-arid region

Diversidade e potencial biotecnológico de rizóbios isolados de nódulos de feijão-fava coletados na região semi-árida

Auteur : Rodrigues, Tainara Louzada

Université de soutenance : Universidade Federal de Lavras

Grade : Mestrado em Ciência do Solo 2020

Résumé
A fixação biológica de nitrogênio (N) viabiliza a absorção de N para nutrição dos vegetais de forma eficaz pelas perspectivas agronômica, econômica e ambiental devido à economia no uso de fertilizantes nitrogenados, com redução no custo de produção e nos impactos provenientes da fabricação, uso indiscriminado e manejo inadequado desses insumos. O feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) é a segunda espécie do gênero Phaseolus em importância mundial. No Brasil é cultivado principalmente no nordeste por sua rusticidade em condições semiáridas. Além de alternativa de renda, o feijão-fava é usado como alimento, adubo verde e cultura de cobertura. Apesar de estabelecer simbiose com bactérias fixadoras de nitrogênio (BFN), ainda não existe inoculante para utilização em seu cultivo. O objetivo da pesquisa foi caracterizar fenotipicamente e genotipicamente BFN isoladas de nódulos de feijão-fava coletados no semiárido brasileiro e avaliar a eficiência das mesmas na nutrição nitrogenada da cultura em condições axênicas e em um Latossolo Vermelho distrófico húmico com e sem correção da acidez. O isolamento e caracterização fenotípica foram realizados em meio 79 sólido e a caracterização genotípica feita pelo sequenciamento parcial do gene 16S rRNA. As eficiências simbióticas foram avaliadas em casa de vegetação em condições axênicas usando tubetes contendo vermiculita e areia e após, em vasos com solo não autoclavado com e sem calagem. Os tratamentos consistiram nas estirpes avaliadas e controles utilizando-se delineamento estatístico apropriado. Ao todo, 66 estirpes foram isoladas dos nódulos. Foi constatada diversidade fenotípica e genotípica com predominância de estirpes de crescimento intermediário, alcalinizantes e com abundante produção de goma, pertencentes ao gênero Bradyrhizobium. A calagem proporcionou incrementos no desenvolvimento do feijão-fava, havendo interação com algumas estirpes. Seis estirpes do gênero Bradyrhizobium, pertencentes aos grupos de estirpes tipo que incluem as de B. elkanii e B. japonicum, destacaram-se por seu potencial biotecnológico como inoculante ao feijão-fava e as mesmas devem ser testadas em campo visando validar sua indicação como inoculante para esta cultura.

Présentation

Version intégrale (1,9 Mb)

Page publiée le 3 janvier 2023