Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2018 → Dimensionamento de reservatórios em região semiárida utilizando séries sintéticas

Universidade Federal de Vicosa (2018)

Dimensionamento de reservatórios em região semiárida utilizando séries sintéticas

Vieira, Priscila Ramos

Titre : Dimensionamento de reservatórios em região semiárida utilizando séries sintéticas

Design of reservoir for a semiarid region by the use of synthetic series

Auteur : Vieira, Priscila Ramos

Université de soutenance : Universidade Federal de Vicosa

Grade : Mestrado em Engenharia Agrícola 2018

Résumé
O atual cenário de escassez hídrica torna necessária a implementação de práticas de planejamento e gestão que aumentem a disponibilidade de água e diminua os conflitos pelo seu uso. Desse modo, a implantação de reservatórios de regularização representa uma alternativa eficaz que possibilita a redistribuição das vazões, aumentando a disponibilidade hídrica no período de estiagem, atendendo as demandas sazonais durante o ano além de possibilitar o uso da disponibilidade potencial, representada pela vazão média de longo termo. É importante que o dimensionamento dessas estruturas seja apropriado ao atendimento das necessidades da região e, ao mesmo tempo viável economicamente. Um fator que interfere diretamente nas estimativas de capacidade do reservatório é a decorrente falta de dados fluviométricos nas bacias hidrográficas devido a falhas na coleta e armazenamento de dados. Diante desse fato, estudos com o uso de séries sintéticas de vazões vem sendo desenvolvidos como uma alternativa para estimar a capacidade dos reservatórios em locais não monitorados. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficiência de metodologias que utilizam séries sintéticas no dimensionamento de reservatórios de regularização de vazão considerando demandas fixas e variáveis no tempo em uma região semiárida. Em um primeiro momento, foram analisadas as estimativas da capacidade do reservatório para uma demanda fixa no tempo com e sem a associação ao período de retorno, para as metodologias que fazem uso das séries sintéticas a partir de dados observados (MSSo) e regionalizados (MSSr), e dois métodos usados como base comparativa : método de regionalização da capacidade do reservatório (RCRes) o método da regionalização da curva de regularização (RCReg). Todas as metodologias foram testadas com diferentes valores de percentagem da vazão média de longo termo (Qmlt). Em um segundo momento considerou-se uma demanda variável no tempo nas estimativas da capacidade dos reservatórios pelos métodos MSSo, MSSr e RCRes associados ou não a um período de retorno em três diferentes cenários de utilização da vazão passível de regularização. As metodologias analisadas foram avaliadas pelo coeficiente de eficiência de Nash-Sutcliffe ajustado (E1) e pelo Índice de qualidade de dimensionamento de reservatório (IQD). Os métodos que utilizam as séries sintéticas quando associadas ao período de retorno (MSSo T e MSSr T) se destacaram com os melhores desempenhos, estimando valores mais próximos da série original o que mostra a adequação no uso dessas metodologias para estimar a capacidade de reservatórios em locais sem monitoramento em condições semiáridas.

Présentation

Version intégrale (15 Mb)

Page publiée le 24 janvier 2023