Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Efeito do ácido salicílico e jasmônico no crescimento, fisiologia e qualidade do fruto de tomate cereja sob estresse salino

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) 2022

Efeito do ácido salicílico e jasmônico no crescimento, fisiologia e qualidade do fruto de tomate cereja sob estresse salino

Melo, Marlenildo Ferreira

Titre : Efeito do ácido salicílico e jasmônico no crescimento, fisiologia e qualidade do fruto de tomate cereja sob estresse salino

Auteur : Melo, Marlenildo Ferreira

Université de soutenance : Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Grade : Doutorado em Fitotecnia 2022

Résumé
O uso de salmoura de osmose reversa é uma alternativa para lidar com a escassez de água no semiárido. Portanto, um experimento foi conduzido para avaliar a aplicação foliar de ácido salicílico (SA) e ácido jasmônico (JA) como mitigantes do estresse salino em tomate cereja (Solanum lycopersicum L. var. cerasiforme cv. Samambaia) cultivado em solução nutritiva não salina (2,16 dS m-1 ), moderadamente salina (4,50 dS m-1 ) e severamente salina (9,00 dS m-1 ) preparada com salmoura de osmose reversa diluída. 500 M de SA e 50 M de JA foram pulverizados isoladamente ou em combinação nas folhas, e água destilada como controle. Os resultados mostraram que a salinidade, moderada e severa, reduziu o crescimento das plantas devido à diminuição das trocas gasosas, aumento do acúmulo de Na+ e redução de K+ e Ca2+ nos tecidos das plantas, e aumento da peroxidação lipídica e extravasamento de eletrólitos, o que, consequentemente, reduziu a produtividade de frutos. Por outro lado, o estresse salino melhorou o sabor e a qualidade dos frutos, aumentando o teor de sólidos solúveis, acidez titulável e açúcares. A pulverização foliar com SA e JA mitigou os danos causados pelo estresse salino, reduzindo o teor de Na+ nos tecidos, mantendo a integridade das membranas celulares e as trocas gasosas. Além disso, o tratamento com fitorreguladores aumentou a acidez, teor de vitamina C, conteúdo de licopeno, intensificou a coloração da casca e melhorou o sabor dos frutos. Concluindo, a adição de salmoura à solução nutritiva reduz o crescimento e a produtividade do tomate cereja, mas melhora a qualidade dos frutos. O SA e o JA exógenos aliviam a toxicidade da salinidade, porém sem manter o crescimento das plantas e a produtividade de frutos

Présentation

Version intégrale ( 1,6 Mb)

Page publiée le 29 décembre 2022