Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2020 → ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DAS ÁGUAS POR AGRICULTORES FAMILIARES EM COMUNIDADES RURAIS DE FRANCISCO SÁ/MG

Universidade Federal de Minas Gerais (2020)

ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DAS ÁGUAS POR AGRICULTORES FAMILIARES EM COMUNIDADES RURAIS DE FRANCISCO SÁ/MG

Alves Weber da Silveira

Titre : ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DAS ÁGUAS POR AGRICULTORES FAMILIARES EM COMUNIDADES RURAIS DE FRANCISCO SÁ/MG

Auteur : Alves Weber da Silveira

Université de soutenance : Universidade Federal de Minas Gerais

Grade : Mestre em Sociedade, Ambiente e Território. 2020

Résumé
O objetivo desta dissertação é identificar as iniciativas de abastecimento de águas disponíveis e acessadas para agricultores familiares em comunidades rurais de Francisco Sá, além de caracterizar as diferentes estratégias de gestão e utilização das fontes de abastecimento de água. Para atingir os objetivos, realizaram-se análises qualitativas e quantitativas por meio de entrevistas e de informações e dados fornecidos pelas instituições pesquisadas. A pesquisa foi realizada em três comunidades rurais de Francisco Sá que encontra inserido no Semiárido mineiro : Campo Grande, Catuni e Poções. Devido a pandemia do Covid-19 e o isolamento social, foi priorizada a realização das entrevistas por telefone, ouvidas lideranças locais para se obter uma amostragem geral para os objetivos propostos. Foi entrevistada pelo menos uma liderança das comunidades, além das entrevistas com representantes da EMATER, CAA, ASA, CODEVASF, CMDRS, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Os resultados desta dissertação mostraram que o período de seca que mais impactou a vida nas comunidades ocorreu entre os anos de 2012 a 2017. Nas três comunidades, a fonte principal de água para beber e cozinhar provém da cisterna de placa, captada da chuva, sendo o carro-pipa a segunda fonte mais acessada. Além disso, foram detectadas nove técnicas utilizadas no convívio ou combate à seca, nas comunidades rurais. Mediante estratégias dos agricultores familiares, as fontes de água são hierarquizadas, para uso doméstico, criação e plantio, de acordo com sua qualidade e disponibilidade. Apesar de existirem várias instituições e organizações atuando nas Comunidades pesquisadas, os programas, projetos e iniciativas por elas ofertados não foram suficientes para garantir o acesso à água nas diferentes situações vivenciadas. No entanto, se tornam importantes para regularizarem as necessidades das famílias no uso doméstico e na reprodução da agricultura familiar no Semiárido.

Présentation

Version intégrale ( 3,3 Mb)

Page publiée le 3 janvier 2023