Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Desempenho agronômico, divergência genética, fenotipagem de alta eficiência e qualidade de sementes de variedades crioulas de feijão-fava cultivadas no Semiárido Norte Mineiro

Universidade Federal de Minas Gerais (2020)

Desempenho agronômico, divergência genética, fenotipagem de alta eficiência e qualidade de sementes de variedades crioulas de feijão-fava cultivadas no Semiárido Norte Mineiro

Gama Aldenir Teixeira da

Titre : Desempenho agronômico, divergência genética, fenotipagem de alta eficiência e qualidade de sementes de variedades crioulas de feijão-fava cultivadas no Semiárido Norte Mineiro

Auteur : Gama Aldenir Teixeira da

Université de soutenance : Universidade Federal de Minas Gerais

Grade : Doutor em Produção Vegetal 2020

Résumé partiel
O feijão-fava (Phaseolus lunatus L.), espécie adaptada às condições edafoclimáticas do semiárido norte mineiro e suas sementes se caracterizam pela diversidade formas, tamanhos e cores de tegumento, sendo melhoradas, conservadas e mantidas pelos guardiões da agrobiodiversidade, em casas e bancos de sementes ao longo da história, representando um patrimônio genético e cultural. É de grande importância na alimentação humana e animal como fonte de proteína. O presente estudo teve por objetivo caracterizar quinze variedades crioulas de feijão-fava (Phaseolus lunatus L.) cultivadas no semiárido norte mineiro quanto à qualidade de sementes, desempenho agronômico, divergência genética e fenotipagem por imagens. As sementes foram obtidas de casas e bancos de sementes oriundas do Norte de Minas Gerais. O primeiro capítulo foi composto por uma revisão bibliográfica. O segundo capítulo contempla a caracterização das variedades crioulas de feijão-fava com a utilização de descritores morfoagronômicos e a qualidade das sementes. Os resultados obtidos evidenciaram uma ampla variabilidade na qualidade física e fisiológica das sementes. As variedades 3 e 6 (identificadas por fava-raja e fava-carioca, respectivamente), apresentaram resultados dos testes de primeira contagem da germinação e de germinação incompatíveis com resultados de campo. As variedades de feijão-fava foram estratificadas pelas variáveis diâmetro do hipocótilo e comprimento e largura do folíolo. A variável largura apresentou correlação com a produtividade de grãos, no entanto a produtividade não apresentou correlação com a qualidade de sementes. No terceiro capítulo, foi realizada a caracterização e seleção das variedades, para fornecer subsídios a programas de melhoramento genético da espécie e, para a sua preservação, em casas e bancos de sementes.

Présentation

Version intégrale (1,44 Mb)

Page publiée le 4 janvier 2023