Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Os impactos da fruticultura nas economias do semi-árido baiano e do resto da Bahia

Universidade Federal da Bahia (2009)

Os impactos da fruticultura nas economias do semi-árido baiano e do resto da Bahia

Santos, Edilson de Oliveira

Titre : Os impactos da fruticultura nas economias do semi-árido baiano e do resto da Bahia

Auteur : Santos, Edilson de Oliveira

Université de soutenance : Universidade Federal de Bahia (UFBA)

Grade : Mestre em Economica 2009

Résumé
Este trabalho visa à avaliação dos impactos diretos e indiretos da fruticultura nas economias do Semi-Árido Baiano e do Resto da Bahia, levando-se em consideração a produção, o emprego e a renda. A análise foi elaborada a partir da matriz de insumo-produto interregional do Semi-Árido, do Resto da Bahia e do Resto do Brasil para o ano de 2004. É feita uma abordagem geral da fruticultura no Semi-Árido, ressaltando-se seus aspectos positivos, bem como os impactos no meio ambiente. Do mesmo modo, faz-se uma abordagem da teoria de insumo-produto e das técnicas de elaboração de matrizes de relações intersetoriais e interregionais. Mostra-se como interpretar os resultados da matriz e analisa os impactos gerados pelo aumento da demanda agregada nos setores econômicos nas economias do SemiÁrido e no Resto da Bahia. O que se verifica é que a fruticultura potencializa o crescimento das economias locais, porém possui baixo poder de impulsionar as economias do Semi-Árido e do Resto da Bahia. Este estudo permite concluir que a fruticultura é o setor que possui maior multiplicador de emprego na Bahia.

Mots Clés : Semi-árido ;Resto da Bahia ;Insumo-produto ;Fruticultura;Impactos diretos e indiretos

Présentation

Version intégrale (6,03 Mb)

Page publiée le 24 mars 2011, mise à jour le 28 juillet 2017