Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Utilização de feno de erva sal (Atriplex nummularia Lind) e farelo de milho em substituição à palma forrageira (Opuntia fícus-indica Mil) em dieta para ovinos

Universidade Federal Rural de Pernambuco (2009)

Utilização de feno de erva sal (Atriplex nummularia Lind) e farelo de milho em substituição à palma forrageira (Opuntia fícus-indica Mil) em dieta para ovinos

Louro Ribeiro Valéria

Titre : Utilização de feno de erva sal (Atriplex nummularia Lind) e farelo de milho em substituição à palma forrageira (Opuntia fícus-indica Mil) em dieta para ovinos.

Auteur : Louro Ribeiro Valéria

Université de soutenance : Universidade Federal Rural de Pernambuco

Grade : Doutor em Zootecnia 2009

Résumé
Este trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da substituição da palma forrageira (Opuntia ficus-indica, Mill) por feno de erva sal (Atriplex nummularia Lind.) e farelo de milho sobre o consumo e digestibilidade aparente da dieta, comportamento ingestivo e parâmetros ruminais de ovinos. Os níveis de substituição da palma por feno de atriplex e farelo de milho foram : 0,0 ; 15,3 ; 35,3 ; 62,9 e 100 %. Foram utilizados cinco carneiros adultos, fistulados no rúmen, com peso vivo médio de 65 2 kg. Os animais foram alojados em baias individuais, distribuídos em um delineamento quadrado latino 5 x 5 (5 dietas x 5 períodos). Os consumos de matéria seca, água e sal foram obtidos pela diferença entre o ofertado e as sobras. Para estimativa da produção fecal foi utilizado o óxido crômico, fornecido em duas doses diárias de 10 g, via fístula ruminal. As observações comportamentais foram realizadas em intervalos de cincominutos durante 24h. As amostras para determinação dos parâmetros ruminais foram tomadas a 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, e 11 horas após alimentação dos animais. Os consumos de matéria seca e dos nutrientes expressos em g/dia, percentagem de peso vivo (%PV) e gramas por unidade de peso metabólico (g/PV0,75) foram influenciados significativamente (P<0,05) pelos níveis de substituição com os maiores consumos entre os níveis de 35,3% e 62,9%. Os coeficientes de digestibilidade aparente da matéria seca (CDMS) e matéria orgânica (CDMO) não sofreram efeito da substituição, entretanto, o coeficiente de digestibilidade da fibra em detergente neutro (FDN) decresceu. O consumo de água sofreu influência significativa (P<0,05), com médias de 4549 ; 4296 ; 4327, 2907 e 153 mL/dia para água via dieta, já o consumo de sal não foi afetado (P>0,05). Os tempos de alimentação, ruminação e mastigação total tiveram comportamento quadrático, apresentando os respectivos pontos de máxima 61,39% ; 41,32% e 46,34 %. As concentrações de nitrogênio amoniacal, sal e ácidos graxos voláteis (AGV), pH e temperatura ruminal foram influenciados significativamente (P<0,05) pelo aumentono nível de substituição. A concentração de amônia apresentou médias de 10,26 e 39,29 mg /100mL para os respectivos níveis 0,0% e 100 % de substituição. A maior média para pH foi obtida para o nível de 100% de substituiçãocom média de 6,06. Pode-se concluir que a substituição da palma influencia os consumos e digestibilidade da dieta, além de modificar o padrão do comportamento ingestivo e os parâmetros ruminais de ovinos.

Mots Clés : Halófitas ; Entodinium ; Atriplex nummularia ; Feeding ; Parameters ruminate ; Cactus ; Farelo de algodão ; Parâmetros ruminais ; Conteúdo ruminal ; Erva sal ; Cactáceas ; Behavior activites ; Ciliados do Rúmen ; Comportamento ingestivo ; Sheep ;Halophytes ; Ovinos ; Alimentação

Présentation

Version intégrale

Page publiée le 24 décembre 2011, mise à jour le 5 juillet 2017