Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Efeito da salinidade induzida no desenvolvimento e crescimento inicial de CarnaÃba(Copernicia prunifera(Miller) H.E.Moore) : suporte e estratÃgias de restauraÃÃo em Ãreas salinizadas

Universidade Federal do Ceara (2006)

Efeito da salinidade induzida no desenvolvimento e crescimento inicial de CarnaÃba(Copernicia prunifera(Miller) H.E.Moore) : suporte e estratÃgias de restauraÃÃo em Ãreas salinizadas

HOLANDA, Samia Jainara Rocha.

Titre : Efeito da salinidade induzida no desenvolvimento e crescimento inicial de CarnaÃba(Copernicia prunifera(Miller) H.E.Moore) : suporte e estratÃgias de restauraÃÃo em Ãreas salinizadas.

Effect of the induced salinity in the growth and initial development of Carnaúba(prunifera Copernicia (Miller) H.E. Moore) : it has supported the strategies of restoration in salinisation areas

Auteur : HOLANDA, Samia Jainara Rocha.

Université de soutenance : Universidade Federal do Ceara

Grade : Mestre Desenvolvimento e Meio Ambiente 2006

Résumé
Atualmente várias regiões da terra enfrentam sérios problemas em seus solos por causa da salinização. Parte significativa desse problema ocorre em regiões onde a deficiência hídrica é acentuada e os solos são pouco profundos. Os prejuízos causados pela salinidade podem ser seriamente agravados pelo manejo inadequado da irrigação e pela drenagem insuficiente. Altas concentrações de sais no solo têm sido um dos fatores que mais têm concorrido para a redução do crescimento e produtividade das culturas. A Carnaúba (Copernicia prunifera (Miller) H.E.Moore), apresenta capacidade de produzir satisfatoriamente sob condições de baixa preciptação e é uma alternativa de renda de grande importância para a população do semi-árido brasileiro. Este estudo tem por objetivo avaliar o efeito da salinidade sobre o crescimento e desenvolvimento inicial de mudas de Carnaúba para subsidiar a restauração de áreas de preservação permanente (APPs) que encontram-se desmatadas e ou salinizadas e a ampliação do extrativismo vegetal como fonte econômica da região. O experimento constou de um arranjo fatorial 5x1. O ensaio dispôs de 15 mudas com 4 repetições, sendo adotado o método de delineamento casualizado. Foram avaliados os efeitos de diferentes níveis de salinidade : 0, 25, 50, 75, 100 mol.m-3 de NaCl, correspondendo a condutividade elétrica inicial de : 2.0, 4.6, 7.1, 9.6, 12 dS.m1 sobre os índices de crescimento inicial das plântulas de Carnaúba. Foram estudadas as seguintes variáveis : comprimento da parte aérea (Cra) ; largura da parte aérea (Lra) ; comprimento da raiz principal (CRp) ; peso da matéria fresca (PMF) ; peso da matéria seca (PMS) ; razão parte aérea/raiz (PAR) e taxa de sobrevivência (TS). A salinidade afetou de forma diferenciada cada variável estudada, sendo a TS a mais afetada. Quanto aos níveis de salinidade aplicados, os melhores tratamentos para a produção de mudas foram os de 25 e 50 mol.m-3 de NaCl, em especial 25 mol.m-3, haja vista o melhor desenvolvimento da largura foliar neste nível de salinidade. Níveis elevados de salinidade como maior ou igual a 100 mol.m-3 de NaCl, comprometem o desenvolvimento e possivelmente a vida desta planta, apresentando assim comportamento de plantas glicófitas, não sendo aconselhável tentativas de produção e ou implantação de mudas em áreas que apresentem este nível de salinidade no solo.

Mots clés : salinidade no solo ; germinaÃÃo ; mata ciliar ; efeito ambiental ; salinity in the soil ; germination ; enviromental effect

Présentation

Version intégrale

Page publiée le 22 juin 2013, mise à jour le 12 mars 2019