Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Bactérias halotolerantes associadas a plantas de atriplex nummularia L. e sua inoculação em mudas

Universidade Federal Rural de Pernambuco (2014)

Bactérias halotolerantes associadas a plantas de atriplex nummularia L. e sua inoculação em mudas

Silva Flaviana Gonçalves da

Titre : Bactérias halotolerantes associadas a plantas de atriplex nummularia L. e sua inoculação em mudas

Auteur : Silva Flaviana Gonçalves da

Université de soutenance : Universidade Federal Rural de Pernambuco

Grade : Master 2014

Résumé
A salinidade constitui um fator limitante à agricultura e tem se tornado um problema frequente em áreas sob clima árido e semiárido, onde as precipitações são reduzidas e mal distribuídas. Nessas áreas, a maioria das plantas não consegue se desenvolver, por isso, os solos ficam desprotegidos e tornam-se degradados com o tempo. A utilização de bactérias promotoras de crescimento vegetal com tolerância ao estresse salino pode indicar alternativa biotecnológica que possibilite o uso de plantas associadas a esses micro-organismos como inoculantes, podendo proporcionar efeitos benéficos na interação solo-planta. O cultivo da Atriplex nummularia L. tem sido realizado com o objetivo de revegetar estes solos, promovendo a melhoria de suas propriedades físicas e químicas, como técnica de fitorremediação de solos afetados por sais. Com isso, objetivou-se isolar e selecionar bactérias promotoras de crescimento vegetal associadas às plantas de Atriplex nummularia L. cultivadas em dois experimentos instalados no estado de Pernambuco e avaliar os efeitos da inoculação destas bactérias em plantas de Atriplex cultivadas em ambiente protegido. Foi determinada a densidade populacional das bactérias e em seguida as mesmas foram testadas quanto às características de promoção de crescimento vegetal in vitro : solubilização de fosfato inorgânico (SFI), fixação biológica de nitrogênio (FBN), síntese de ácido indol acético (AIA), produção de exopolissacarídeo (EPS) e molécula quorum sensing. Foram também selecionadas algumas bactérias para inoculação em plantas de Atriplex cultivadas em ambiente protegido, analisando-se nas plantas, aspectos como teor de clorofila a, b e total ; condutância estomática (gs) ; temperatura foliar ; fitomassa verde, seca e total das partes fracionadas (raiz, caule e folha) das plantas ; conteúdos e teores de sódio, potássio, cálcio e magnésio ; nitrogênio total, proteína bruta de folhas e carbono orgânico total. Por meio do isolamento, foi possível obter 107 isolados bacterianos halotolerantes, com resultados positivos quanto às características de promoção de crescimento vegetal. Em relação ao teor de clorofila a, b e total, condutância estomática e proteína bruta nas plantas, não houve efeito dos tratamentos aplicados. A inoculação com bactérias halotolerantes e promotoras de crescimento vegetal influenciou o nitrogênio total e carbono orgânico total em plantas de Atriplex. Portanto, é possível afirmar que existem bactérias halotolerantes associadas às plantas de Atriplex, capazes de solubilizar fosfato inorgânico ; fixar N2 ; produzir AIA, EPS e molécula quorum sensing, havendo a possibilidade destes micro-organismos, quando associados às plantas, contribuírem de forma positiva em relação à promoção de crescimento vegetal. Os isolados bacterianos são promissores no desenvolvimento vegetativo e nutritivo da Atriplex. No entanto, necessita-se explorar melhor o efeito dos inoculantes bacterianos associados às plantas halófitas, dando condições para melhoria no processo de fitorremediação de solos salinos.

Mots clés  : Bioprospecção — Salinidade do solo — Fitorremediação — Quorum sensing — Bioprospecting — Phytoremediation — Soil salinity

Présentation

Version intégrale

Page publiée le 16 décembre 2015, mise à jour le 24 juillet 2017