Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Comunicação popular e convivência com o semiárido : o caso das comunicadoras e comunicadores populares da Articulação Seminário Brasileiro - ASA

Universidade Federal de Bahia (UFBA) 2015

Comunicação popular e convivência com o semiárido : o caso das comunicadoras e comunicadores populares da Articulação Seminário Brasileiro - ASA

Santos, Luciana de Fatima Pinto

Titre : Comunicação popular e convivência com o semiárido : o caso das comunicadoras e comunicadores populares da Articulação Seminário Brasileiro - ASA

Auteur : Santos, Luciana de Fatima Pinto

Université de soutenance : Universidade Federal de Bahia (UFBA)

Grade : Mestre em Desenvolvimento e Gestão Social 2015

Résumé
Analisar a contribuição de comunicadoras e comunicadores populares da Articulação Semiárido Brasileiro, ASA, para fortalecer o conceito de convivência com o Semiárido foi o objetivo central da pesquisa que desencadeou essa dissertação. A partir do estudo de caso, foi possível conhecer o perfil desses sujeitos, e entender como se apropriaram dos conceitos de convivência com o Semiárido e de comunicação popular, o que foi complementado pela percepção de seu papel junto à ASA. A análise do perfil das comunicadoras e comunicadores populares traduziu a importância da relação entre habilidades técnicas e sensibilidade política para o desenvolvimento de sua prática. A significação dada à convivência com o Semiárido é um importante definidor dos conteúdos de trabalho, e os valores da comunicação popular interferem no modo de atuar e na apreensão de seu papel. As atividades desenvolvidas pelas comunicadoras e comunicadores foram analisadas nas dimensões de acesso à informação ; sistematização ; disseminação ; e formação. Esse conjunto de elementos demonstrou a capacidade de influência das comunicadoras e comunicadores populares sobre a ação comunicacional da ASA, à medida que contribuem com a ampliação do enfoque político da comunicação, intensificando o caráter de ruptura de estereótipos que a comunicação proposta pela ASA se dispõe. The main goal of this thesis is to analyze the contributions of popular communication agents at a Brazilian network entitled ASA (Mobilization for the Semiarid Region - Articulação Semiárido Brasileiro) aiming to strengthen the conceptual framework behind the expression “living in the Semiarid.” A case study was used as a tool to identify the profile of this group as well as to understand their level of ownership of the concepts of popular communication and living in the semiarid - complemented by how they perceive their role at ASA. The analysis of the profile of these communicators led to the understanding of the relationship between their technical skills and their political sensitivity in developing tasks. The meaning attributed to living in the Semiarid Region defines the work of the agents whereas the values of popular communication interfere in how they perform and understand their role. Issues, such as level of access to information ; systematization ; dissemination ; and education were taken into consideration in the analysis of popular communication agents’ activities. The sum of these elements expressed the ability of these agents to influence communication actions at ASA – they contribute with the intensity of a more political focus in communication practices, which in turn promotes a disruption from stereotypes.

Mots Clés : Comunicação popular ;convivência com o Semiárido ;Articulação Semiárido Brasileiro ;Popular communication ;living in the Semiarid Region ;Mobilization for Brazilian Semiarid Region

Présentation

Version intégrale (1,2 Mb)

Page publiée le 13 août 2017