Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Cultivo de milho irrigado com esgoto doméstico tratado no semiárido baiano : alternativa técnica e econômica para o pequeno agricultor

Universidade Federal de Bahia (UFBA) 2015

Cultivo de milho irrigado com esgoto doméstico tratado no semiárido baiano : alternativa técnica e econômica para o pequeno agricultor

Silva, Luana Tavares

Titre : Cultivo de milho irrigado com esgoto doméstico tratado no semiárido baiano : alternativa técnica e econômica para o pequeno agricultor

Auteur : Silva, Luana Tavares

Université de soutenance : Universidade Federal de Bahia (UFBA)

Grade : MESTRE EM ENGENHARIA AMBIENTAL URBANA 2015

Résumé
O objetivo da pesquisa foi determinar a viabilidade técnica e econômica do cultivo de milho irrigado com esgoto doméstico tratado para o pequeno agricultor em São Domingos localizada no semiárido baiano. Para isso investigou-se os parâmetros de produção do milho cultivado mediante aplicação de esgoto doméstico tratado com diferentes lâminas de água a partir da evaporação do tanque classe A e posterior avaliação da produção e possível viabilidade econômica de cultivo em escala real. A primeira fase da pesquisa foi desenvolvida em casa de vegetação construída em campo, no município de São Domingos-BA. O trabalho foi realizado em escala experimental utilizando delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 5X4 com 4 repetições, totalizando 80 unidades experimentais compostas por vasos de 60L, com cinco sementes de milho cultivar catingueiro em cada vaso inicialmente. Os tratamentos foram compostos por cinco níveis de diluição do efluente com água de abastecimento nas porcentagens de : 0, 25, 50, 75 e 100%, além das lâminas aplicadas nas percentagens de 60, 90, 120 e 150% da evaporação do tanque classe A. Foram mensurados os parâmetros para avaliação do desenvolvimento da planta, concluindo que as diluições do esgoto com 75 e 100% e lâminas de 120% produziram melhores resposta nas avaliações dos parâmetros de produção. A segunda fase da pesquisa foi desenvolvida em área adjacente a casa de vegetação. Foi montado um sistema de irrigação por gotejamento em área de 200m² utilizando 100% de esgoto doméstico para irrigação da cultura, realizando análises apenas da fase reprodutiva do ciclo, comprimento, diâmetro, peso de espigas, além de massa fresca da parte aérea além disso foi feito o levantamento dos custos de produção da safra para posterior análise de custo benefício da proposta de cultivo. De modo geral o uso do efluente viabilizou a produção em escala experimental e real com tendência a promover um desenvolvimento superior quando comparado com uso de água de abastecimento

Mots Clés : Esgotos domésticos ;Água ;Reuso;Agricultura ;Regiões semiáridas

Présentation

Version intégrale (2,48 Mb)

Page publiée le 28 juillet 2017