Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Análise técnica e econômica para aproveitamento da biomassa caprina em biodigestores no Semi-Árido Baiano

Universidade Federal de Bahia (UFBA) 2009

Análise técnica e econômica para aproveitamento da biomassa caprina em biodigestores no Semi-Árido Baiano

Haack, Sheyla Caetano

Titre : Análise técnica e econômica para aproveitamento da biomassa caprina em biodigestores no Semi-Árido Baiano

Auteur : Haack, Sheyla Caetano

Université de soutenance : Universidade Federal de Bahia (UFBA)

Grade : Mestre em Economia 2009

Résumé
O esgotamento de algumas fontes de energia de origem fóssil gerado pelo aumento da demanda dos últimos anos, e a conscientização mundial quanto às questões ambientais, têm levado a uma busca contínua por novas formas sustentáveis de produção. Nesse novo contexto a tecnologia da biodigestão representa uma possibilidade na geração de energia limpa e, ao mesmo tempo, de redução dos impactos ambientais. O estado da Bahia possui o maior rebanho de caprino do Brasil, cuja geração de dejetos pode propiciar problemas de ordem sanitária. O aproveitamento desses resíduos, através do processo de biodigestão, além de tratar esses agentes poluentes, gera biogás, energia renovável e limpa, e biofertilizante, uma grade fonte de nutrientes para o solo. Este estudo avalia a viabilidade técnica e econômica para implantação de biodigestores no semiárido baiano, tendo como base o aproveitamento dos dejetos de caprinos. A metodologia aplicada partiu do processo de biodigestão e dos conceitos de sustentabilidade. Para tanto, foi realizado um mapeamento dos municípios baianos selecionados de acordo com critérios de regiões com rebanhos de caprinos, disponibilidade e qualidade da água. Foram caracterizados os dejetos caprinos para a geração de energia (biogás) e dos efluentes (biofertilizante), quantificando-se os resíduos e a produção de biogás e de biofertilizantes. Posteriormente foram calculados indicadores técnicos como : volume de biogás gerado, composição química, equivalência energética como GLP, a conversão do biogás em eletricidade, o volume de biofertilizante, equivalência ao fertilizante sintético e o crédito de carbono. A viabilidade técnica e econômica envolveu a análise do desempenho do processo de biodigestão, sua conversão em valores econômicos e os cálculos B/C, VPL, TIR e Payback. Para tanto, estimaram-se investimentos para implantação de biodigestores em função da quantidade de caprinos, incluindo ou não, os custos de mão de obra. Os resultados encontrados evidenciam que em certas condições, a implantação não é viável para o horizonte de vida útil do biodigestor e para tamanhos reduzidos de rebanho. Os principais aspectos encontrados estiveram vinculados aos casos de incorporação da mão de obra e do crédito de carbono. Os estudos também evidenciaram forte viabilidade para o uso em unidades de agricultura familiar em que a mão de obra não está incorporada, principalmente quando há aproveitamento dos dejetos na geração de biogás para uso como GLP e geração de eletricidade e do biofertilizante, chegando a apresentar um payback menor que dois anos e taxas de retorno TIR de até 66% para o aproveitamento combinado de GLP e biofertilizante.

Mots Clés : Biodigestor ;Caprinos;Fontes alternativas de energia ;Semiárido ;Viabilidade técnica e econômica

Présentation

Version intégrale (3,66 Mb)

Page publiée le 28 juillet 2017