Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Ação e heterogeneidade de lógicas institucionais na construção da convivência com o semiárido em Alagoas

Universidade Federal de Pernambuco (2017)

Ação e heterogeneidade de lógicas institucionais na construção da convivência com o semiárido em Alagoas

COSTA, Carlos Everaldo Silva da

Titre : Ação e heterogeneidade de lógicas institucionais na construção da convivência com o semiárido em Alagoas

Auteur : COSTA, Carlos Everaldo Silva da

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutor em Administração 2017

Résumé
Esta tese tem como problema de investigação analisar como as ações desenvolvidas a partir de lógicas institucionais heterogêneas possibilitam a construção da convivência com o semiárido alagoano. A lente teórica sensibilizadora e norteadora foi a Teoria Institucional baseada nos constrututos de Lógicas Institucionais e Institutional Work. A coleta dos dados, oriundas do método Grounded Theory – GT, teve como dados primários as entrevistas intensivas e como secundários a análise textual (denominação dada pela GT para os documentos) e os memorandos. Sua análise se deu a partir da constituição das categorias iniciais, focalizadas e teóricas. Desta análise, destacaram-se nessa microrregião, quatro instituições centrais : Estado, Religião, Comunidade e Educação. No processo histórico de construção dessa dinâmica, o Estado ainda mantem ações baseadas no combate a seca e na busca por tornar esse espaço geográfico voltado ao produtivismo. Contudo, outros atores foram inseridos e nesse processo o início se deu pela Religião que passou a mobilizar os pequenos agricultores locais a incorporarem uma lógica comunitária, baseada no associativismo e cooperativismo. Com esse alcance, a Comunidade se legitimou. Como aspecto mais evidente, Estado e Comunidade passaram a se aproximar, no que diz respeito a elaboração e execução de políticas públicas, tanto vinculadas à alimentação quanto à implementação de tecnologiais sociais. No entanto, também houve divergências entre os significados dados as suas ações. Em ambos os casos, os tipos de works influenciaram essas instituições, o que contingencialmente tornou a microrregião Agreste um campo de lógicas.

Mots Clés  : Relações institucionais ; Semiárido ; Processo histórico

Présentation

Version intégrale (3,0 Mb)

Page publiée le 28 février 2019