Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2018 → Necessidades hídricas do feijoeiro irrigado no noroeste paulista

Universidade Estadual Paulista (UNESP) 2018

Necessidades hídricas do feijoeiro irrigado no noroeste paulista

Farinassi, Larissa Godarelli

Titre : Necessidades hídricas do feijoeiro irrigado no noroeste paulista

Water requirements of the irrigated bean in the northwest paulista

Auteur : Farinassi, Larissa Godarelli

Université de soutenance : Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Grade : Mestre em Agronomia. Especialidade : Manejo do solo e água. 2018

Résumé
O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) de grande importância sócio-econômica para o Brasil, sendo o segundo maior produtor e principal consumidor mundial. O objetivo neste trabalho foi compreender as metodologias disponíveis para manejo e avaliação do uso da água em culturas irrigadas e estimar a evapotranspiração atual (ETa) e ainda determinar coeficientes de cultura nas áreas cultivadas com feijão de inverno utilizando as técnicas baseadas em sensoriamento remoto (algoritmo SAFER - Simple Algorithm for Retrieving Evapotranspiration), confrontando-os com as estimativas da evapotranspiração da cultura (ETc) preconizados pelo Boletim FAO 56. O estudo foi realizado em condições irrigadas por pivô central com sete épocas de semeadura de feijão de inverno nos municípios de Rubinéia e Pereira Barreto. Cada época de semeadura recebeu um manejo de irrigação, realizado pelo próprio irrigante e uma simulação sugerida de irrigação mantendo os mesmos dados de ETo e chuva. As imagens do satélite LandSat 8 foram utilizas para execução do algoritmo SAFER para a obtenção da relação entre a evapotranspiração atual e a evapotranspiração de referência. Foram feitas a análise da produtividade de água em função da produção obtida para cada época de semeadura. Para as semeaduras de feijão de outono/inverno em Rubinéia, o irrigante possui a opção de utilizar dados das Estações Ilha Solteira e Marinópolis, fato que as ETo são semelhantes. Resultados obtidos das irrigações utilizadas pelo irrigante superestimaram o armazenamento de água no solo, assim sendo necessário a realização de um manejo mais minucioso do controle de água disponível no solo e em a relação ET/ETo apresentou comportamento da curva similar aos citados na literatura, contudo os valores encontrados foram menores do recomentado para o feijoeiro, sendo assim, deve-se continuar com estudos que calibrem o algoritmo SAFER para obtenção de melhores resultados para a região Noroeste Paulista

Mots Clés  : SAFER Evapotranspiração Irrigação Evapotranspiration Irrigation

Présentation

Version intégrale (3,9 Mb)

Page publiée le 5 juin 2019