Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2012 → Degradação ambiental no semiárido pernambucano : contribuição ao estudo da desertificação

Universidade Federal de Pernambuco (2012)

Degradação ambiental no semiárido pernambucano : contribuição ao estudo da desertificação

Soares, Deivide Benicio

Titre : Degradação ambiental no semiárido pernambucano : contribuição ao estudo da desertificação

Auteur : Soares, Deivide Benicio

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado - Desenvolvimento e Meio Ambiente 2012

Résumé
A suscetibilidade natural do semiárido pernambucano ao processo de desertificação além de estar relacionado aos fatores abióticos tem estreita relação de correspondência à forma de uso inadequado dos recursos naturais. O objetivo do trabalho é avaliar a influência dos fatores físicos e humanos na configuração do processo de desertificação, tomando-se como área de estudo o município de Cabrobó, localizado no sertão de Pernambuco. Foram delineados alguns objetivos específicos : analisar a influência da semiaridez, tratar a participação das características edáficas, avaliar o papel da retirada da cobertura vegetal, analisar a participação da pecuária, e analisar os impactos da irrigação/salinização. Alguns procedimentos foram adotados para se atingirem os objetivos, tais como levantamento das características edáficas ; identificação de tendências na ocorrência de precipitações através da regressão linear ; identificação de áreas desmatadas com a utilização de imagens do satélite Landsat 5-TM e de sistemas de informações geográficas disponíveis ; utilização de um penetrômetro de cone ; coleta de solo e análise da Condutividade Elétrica do extrato de saturação (CEes) e da Percentagem de Sódio Trocável (PST). Os resultados apontaram que a semiaridez é um dos fatores responsáveis pela suscetibilidade da área à desertificação, pois há irregularidade na distribuição anual das chuvas, concentração da precipitação em alguns meses, ou em alguns dias, elevadas temperaturas, altas taxas de evapotranspiração e déficit hídrico permanente. As classes de solo predominantes no município de Cabrobó apresentam um elevado grau de suscetibilidade à degradação. As áreas desmatadas e com agropecuária, apresentaram baixos índices de vegetação, elevados valores de albedo e de temperatura à superfície. Por outro lado, as áreas que preservam uma cobertura vegetal apresentaram valores elevados para o índice de vegetação e baixos para o albedo e a temperatura à superfície. A temperatura do solo em profundidade também apresentou os maiores valores em terreno exposto, sem cobertura vegetal. A quantidade de gado caprino, ovino e bovino existente em Cabrobó representa uma superlotação ou sobrepastoreio, situação em que não há disponibilidade de alimento para todos os animais, e, consequentemente, causa degradação. As técnicas de irrigação empregadas, por sulco e por inundação, no cultivo de cebola (Allium cepa L.) e arroz (Oryza sativa L.), sem a implantação de um sistema artificial de drenagem, dão origem a processo de salinização / sodificação, visto que os solos cultivados apresentaram os maiores valores de Condutividade Elétrica do extrato de saturação (CEes) e de Porcentagem de Sódio Trocável (PST).

Mots Clés  : Suscetibilidade climática ; Suscetibilidade edáfica ; Desmatamento ; Pecuária ; Salinização ; Semiárido brasileiro

Présentation

Version intégrale (5,91 Mb)

Page publiée le 22 mai 2019