Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2012 → Produção de biomassa por linhagens de leveduras cultivadas em Opuntia ficus indica

Universidade Federal de Pernambuco (2012)

Produção de biomassa por linhagens de leveduras cultivadas em Opuntia ficus indica

Lins, Clarissa Izabel Matos

Titre : Produção de biomassa por linhagens de leveduras cultivadas em Opuntia ficus indica

Auteur : Lins, Clarissa Izabel Matos

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado - Biologia de Fungos 2012

Résumé
Opuntia ficus indica é uma cactácea utilizada na produção de bioprodutos, sendo rica em carboidratos. O extrato líquido do cladódio foi utilizado como substrato para a seleção de leveduras de interesse biotecnológico. Candida utilis, C. lipolytica, Saccharomyces cerevisiae e Kluyveromyces marxianus foram cultivadas no extrato obtido após retirada da epiderme, trituração e centrifugação. Alíquotas foram coletadas para análise de biomassa, açúcares redutores , pH e parâmetros cinéticos. K. marxianus apresentou maior taxa de crescimento (μ= 0,25h-1) e maior porcentagem de consumo de açúcar (95,68%). C. utilis apresentou melhor rendimento de biomassa em relação ao substrato consumido (Yx/s=2,69). C. lipolytica apresentou melhor perfil cinético, maiores valores de produção de biomassa (ΔXmax=10,93 g/l) e produtividade em 24 horas de cultivo (P= 0,58 g/l.h) em relação as outras leveduras testadas. A influência de diferentes concentrações salinas no crescimento da C. lipolytica cultivada em extrato de O. ficus indica foi testada com NaCl e KCl (0,1M, 0,25M, 0,50M, 1M, 2M, e 4M), assim como a influência do choque osmótico para o cultivo. No crescimento sob estresse a levedura foi tolerante a concentrações até 1M de NaCl e a 0,5M para o KCl. As concentrações maiores inibiram o crescimento. No choque osmótico, a concentração de 4M foi considerada letal para as células e a 2M sub-letal. As células de C. lipolytica parecem ter poder de adaptação contra estresse osmótico até a concentração de 1M.

Mots Clés  : Leveduras ; Extrato de Palma ; Biomassa ; Estresse salino ; Bioprodutos

Présentation

Version intégrale (0,84 Mb)

Page publiée le 14 mars 2019