Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2011 → Impactos da utilização de tecnologias alternativas agrícolas no desenvolvimento ambientalmente racional da agricultura familiar no semi-árido pernambucano

Universidade Federal de Pernambuco (2011)

Impactos da utilização de tecnologias alternativas agrícolas no desenvolvimento ambientalmente racional da agricultura familiar no semi-árido pernambucano

Iris Rodrigues Borges da Costa, Sunamita

Titre : Impactos da utilização de tecnologias alternativas agrícolas no desenvolvimento ambientalmente racional da agricultura familiar no semi-árido pernambucano

Auteur : Iris Rodrigues Borges da Costa, Sunamita

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Mestrado - Desenvolvimento e Meio Ambiente 2011

Résumé
O progresso tecnológico mostra-se determinante para a sobrevivência no mundo do capital. Nesse contexto, a tecnologia compreendida como a atividade de transformação e solução de problemas práticos, baseada em conhecimentos científicos, passou a representar o triunfo do homem sobre a natureza, atuando como fator estratégico para o crescimento econômico e instrumento de resolução das externalidades produtivas, contribuído para a instauração e perpetuação da crise social e ambiental contemporânea. Uma vez que inserir-se em altos padrões tecnológicos é fundamental para tornar-se competitivo no mercado mundial, o Brasil, a fim de desenvolver-se , adotou como estratégia, paralelo ao impulsionamento da indústria, a mecanização da produção agropecuária, fortalecendo o latifúndio e a monocultura. Tal estratégia, entretanto, gerou graves problemas sociais e ecológicos diante da extrema artificialização da produção, degradação dos recursos naturais e subutilização dos excedentes de terras e mão-de-obra nacionais, sob justificativa da obsolescência da produção familiar e de sua incapacidade de produzir para o mercado em bases tecnicamente avançadas. Uma vez que, para a ONU, a sustentabilidade e a segurança alimentar passam pela democratização dos meios de produção no campo e pelo incentivo a agricultura familiar, o presente estudo objetiva discutir as tecnologias alternativas agrícolas e seus impactos no desenvolvimento ambientalmente reacional da agricultura familiar em clima semi-árido, superando o estigma de improdutividade e irremediável subdesenvolvimento. Deseja-se, de igual modo, contribuir para a discussão da necessária instauração da Racionalidade Ambiental, social e economicamente viável, evidenciando as bases ideológicas, dificuldades e conquistas das instituições produtoras e difusoras de tecnologias alternativas, através da experiência específica do Serviço de Tecnologias Alternativas (SERTA), na busca pela dinamização do espaço rural e da melhoria da qualidade de vida dos agricultores familiares, marginalizados no processo de reprodução do capital

Mots Clés  : Tecnologia Alternativa ; Agricultura Familiar ; Produção em Clima Semi-árido

Présentation

Version intégrale (4,02 Mb)

Page publiée le 9 mars 2019