Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2014 → Matéria orgânica e atributos físico-químicos de um Cambissolo submetido a diferentes usos agrícolas e manejo do solo no semiárido da Chapada do Apodi-RN

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) 2014

Matéria orgânica e atributos físico-químicos de um Cambissolo submetido a diferentes usos agrícolas e manejo do solo no semiárido da Chapada do Apodi-RN

MARINHO, Ana Cecília da Costa Sinclair

Titre : Matéria orgânica e atributos físico-químicos de um Cambissolo submetido a diferentes usos agrícolas e manejo do solo no semiárido da Chapada do Apodi-RN

Organic matter and physical-chemical properties of a Inceptisol under different agricultural use and soil management in the semiarid region of Apodi-RN Chapada

Auteur : MARINHO, Ana Cecília da Costa Sinclair

Université de soutenance : Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Grade : Mestrado em Manejo de Solo e Água 2014

Résumé
Ao manejar os solos da Caatinga percebe-se sua fragilidade em termos de decomposição da matéria orgânica do solo (MOS) e alguns atributos. O uso de técnicas adequadas às condições agrícolas locais, levando em consideração o padrão climático, tipo de solo e o manejo da Caatinga se constituem como ferramenta essencial para manutenção dos recursos naturais. Com este estudo buscou-se um direcionamento a respeito das frações quantitativas da matéria orgânica (MOS) e os atributos físico-químicos do solo em função dos diferentes usos agrícolas e manejo do solo, visando apontar qual destes foram os mais sensíveis na distinção dos ambientes, tendo a Mata Nativa (AMN) como referência, identificando qual destes apresentaram melhorias e/ou restrições nos ambientes estudados. A pesquisa foi desenvolvida no município de Governador Dix- Sept Rosado, no Projeto de Assentamento Terra de Esperança localizado na Microrregião da Chapada do Apodi-RN, em um Cambissolo Háplico eutrofico. As áreas estudadas foram : AMN - área de Mata Nativa, AP - área de Pomar de Cajaraneiras, APC - área coletiva com preparo do solo convencional em cultivos consorciados, ACOL - área de Colúvio e AAG - área Agroecológica. Foram realizadas análises de fertilidade do solo, análises físicas como a resistência a penetração, granulometria, densidade do solo e densidade de partículas, e também análises de carbono orgânico total e frações lábeis e recalcitrantes da MOS. Observou-se que a reação do solo quanto a fertilidade nas áreas estudadas apresentaram reações neutra a alcalina, sem a presença de Al+3 e H+Al, e sem elevada salinidade. O maior aporte de material orgânico na área AP (favoreceu aumento dos teores de P, Ca+2 e K+ no solo, e redução nos teores de Mg+2 e aumento da resistência à penetração do solo, provavelmente, deve-se ao pisoteio dos animais. Conclui-se que a área Agroecológica, manteve condição semelhante à Mata Nativa nas frações de C lábeis e recalcitrantes da matéria orgânica (MOS), atingindo inclusive um IMC de 111. E os componentes principais demonstraram que alguns atributos químicos (P, K+ e Ca+2) e frações lábeis e recalcitrantes da matéria orgânica (MOS) foram indicadores da separação dos ambientes. Todavia, os mais sensíveis foram carbono lábil e índice de Manejo do carbono

Présentation

Version intégrale (2,3 Mb)

Page publiée le 16 mars 2019