Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → A produção artesanal de artigos em couro : aspectos sociais e econômicos na perspectiva do desenvolvimento regional sustentável na Região do Cariri Cearense

Universidade Federal do Ceará (2018)

A produção artesanal de artigos em couro : aspectos sociais e econômicos na perspectiva do desenvolvimento regional sustentável na Região do Cariri Cearense

BRITO, Adriana de Sá Leite

Titre : A produção artesanal de artigos em couro : aspectos sociais e econômicos na perspectiva do desenvolvimento regional sustentável na Região do Cariri Cearense

The artisanal production of leather articles : social and economic aspects from the perspective of sustainable regional development in the Cariri region of Ceará

Auteur : BRITO, Adriana de Sá Leite

Université de soutenance : Universidade Federal do Ceará

Grade : Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente 2018

Résumé
A Região Nordeste do Brasil se encontra em destaque no cenário das ricas expressões do artesanato nacional. A prática do artesanato contribui para a empregabilidade da mão-de-obra local, utilizando-se dos recursos naturais disponíveis geralmente de forma ecologicamente correta. Essa atividade permite a conservação do repertório cultural existente e possibilidades de atenuação das desigualdades sociais, contribuindo também para o aumento de atividades turísticas melhorando o desenvolvimento social da região. Entender essa teia de relações complexas entre o artesanato, os artesãos, seus processos de fabricação associados aos saberes tradicionais e a utilização do couro como matéria prima, observando a dinâmica do manejo ligada ao desenvolvimento sustentável se faz necessário para a compreensão da convivência no semiárido da Região do Cariri Cearense. O estudo se desenvolve na Região do Cariri, localizado na região sul do estado. Esta região é composta por nove municípios, porém, em virtude da expressividade da produção artesanal de artigos em couro, o foco da pesquisa será em torno de três municípios em destaque : Juazeiro do Norte, Crato e Nova Olinda. A presente pesquisa teve como objetivo geral analisar o espaço de produção artesanal dos artigos em couro, sob a perspectiva do desenvolvimento sustentável, através da incorporação de elementos culturais, direcionando o pensamento para a lógica de valorização transmissão dos saberes locais e para a realização de um desenvolvimento regional sustentável.

The Northeast Region of Brazil stands out in the context of the rich expressions of national crafts. The practice of handicrafts contributes to the employability of the local labor force, using natural resources generally available in an ecologically correct way. This activity allows the conservation of the existing cultural repertoire and possibilities of attenuation of social inequalities, also contributing to the increase of tourism activities, improving the social development of the region. Understanding this web of complex relationships between crafts, craftsmen, their manufacturing processes associated with traditional knowledge and the use of leather as a raw material, observing the dynamics of management linked to sustainable development is necessary for understanding the coexistence in the semiarid Region of Cariri Cearense. The study is developed in the Cariri Region, located in the southern region of the state. This region is made up of nine municipalities, however, due to the expressiveness of the handmade production of leather articles, the focus of the research will be on three prominent municipalities : Juazeiro do Norte, Crato and Nova Olinda. The present research had as general objective to analyze the space of artisan production of leather articles, from the perspective of sustainable development, through the incorporation of cultural elements, directed the thought to the logic of valorization transmission of local knowledge and to the accomplishment of a sustainable regional development.

Présentation

Version intégrale (10,1 Mb)

Page publiée le 14 mars 2019