Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → Espectroscopia de reflectância no mapeamento e modelagem de solos no Semiárido

Universidade Federal do Ceará (2018)

Espectroscopia de reflectância no mapeamento e modelagem de solos no Semiárido

OLIVEIRA E SILVA, Ryshardson Geovane Pereira de

Titre : Espectroscopia de reflectância no mapeamento e modelagem de solos no Semiárido

Auteur : OLIVEIRA E SILVA, Ryshardson Geovane Pereira de

Université de soutenance : Universidade Federal do Ceará

Grade : Mestrado em Ciência do Solo 2018

Résumé
O conhecimento acerca dos diferentes tipos de solos e suas características no ambiente faz-se fundamental para a adequada utilização e manejo destes, demandando a utilização do mapeamento de solos. Contudo, a utilização de métodos tradicionais de mapeamento tem-se mostrado por diversas vezes onerosa e demorada, necessitando de técnicas alternativas a fim de se estabelecer uma relação da maneira como o solo é formado e sua distribuição no ambiente. Cada classe de solo apresenta comportamento diferenciado frente à radiação eletromagnética e por esta característica julga-se que seja possível a distinção entre as mesmas por meio da energia refletida. Assim, este trabalho objetivou : i) identificar e caracterizar as diferentes classes de solos existentes na Fazenda Experimental Lavoura Seca, pertencente à Universidade Federal do Ceará (UFC), no município de Quixadá, Ceará, por meio dos métodos de mapeamento tradicional e digital, avaliando o comportamento espectral dos solos existentes na área e ii) quantificar alguns de seus atributos pela análise espectral. Foi elaborado um mapa pedológico semidetalhado, na escala 1:20.000, pelo método tradicional de mapeamento de solos, com a coleta das amostras de solo realizada por meio de tradagens em grid regular, nas profundidades 0-20, 40-60 e 80-100 cm quando possível, seguida de análises físico-químicas e espectrais. A obtenção do mapa digital se deu pela análise de componentes principais dos dados espectrais das amostras de solo de superfície, subsuperfície e horizontes dos perfis, seguida de geoestatística para espacialização e verificação de dependência espacial. As unidades espectrais de mapeamento foram delimitadas empregando-se uma classificação não-supervisionada na imagem obtida a partir da união dos mapas de isolinhas provenientes da geoestatística. Houve algumas correspondências entre as unidades espectrais de mapeamento delimitadas e as delimitações obtidas no mapeamento tradicional. Os valores de área total ocupada por cada unidade de mapeamento nas duas metodologias utilizadas permaneceram próximos, contudo, deve-se atentar para os elementos presentes na constituição do solo que podem vir a influenciar nos resultados obtidos. A análise de atributos do solo por sensoriamento proximal pode proporcionar a quantificação de alguns atributos, sendo obtidos resultados satisfatórios para Mg, SB e CTC na maioria dos métodos de transformação dos dados espectrais avaliados. A transformação dos dados espectrais em Absorbância apresentou-se como o tratamento que mais foi capaz de proporcionar modelos satisfatórios para a maioria dos atributos avaliados.

Présentation

Version intégrale (5,17 Mb)

Page publiée le 14 mars 2019