Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2015 → Alterações químicas no solo em resposta ao uso de condicionadores para reflorestamento no semiárido

Universidade Federal do Ceará (2015)

Alterações químicas no solo em resposta ao uso de condicionadores para reflorestamento no semiárido

VIANA, Andréia Pinheiro Queiroz

Titre : Alterações químicas no solo em resposta ao uso de condicionadores para reflorestamento no semiárido

Auteur : VIANA, Andréia Pinheiro Queiroz

Université de soutenance : Universidade Federal do Ceará

Grade : Engenheiro Agrônomo 2015

Résumé
A degradação dos solos está tomando uma proporção cada vez maior. Alternativas que viabilizem a recuperação de solos degradados em áreas que estão em processo de desertificação são fundamentais para que o reflorestamento de regiões semiáridas seja eficaz. O uso de condicionadores de solo na recuperação de áreas degradadas é uma alternativa para o melhor aproveitamento de água e de nutrientes pelas plantas que sejam estabelecidas nessas áreas. Supõe-se que doses crescentes de hidrogel aumentam os teores de nitrogênio (N) mineral no solo, com destaque para a forma amoniacal (N-NH4+). Supõe-se também que a aplicação do hidrogel em conjunto com bagana de carnaúba reduza os teores de N mineral no solo em virtude da imobilização. Para comprovar essas suposições foi instalado um experimento na fazenda Triunfo, localizada no município de Ibaretama (CE). Neste estudo foram avaliados atributos químicos do solo, com destaque para o fracionamento do N mineral, em resposta às doses de hidrogel e a aplicação de bagana de carnaúba. O delineamento experimental foi o de blocos inteiramente casualizados (DBIC), em esquema de arranjo fatorial 4 x 2. Para avaliação foram analisadas quatro doses de hidrogel (0, 4, 5 e 6 g litro-1 de água), com e sem bagana de carnaúba, distribuídos em cinco blocos que constituíram as repetições dos tratamentos. As análises de solo e do material vegetal foram realizadas, sendo encontrada diferença significativa para N-NH4+ e Mn no solo e nenhuma diferença significativa para o material vegetal.

Présentation

Version intégrale (0,83 Mb)

Page publiée le 28 avril 2019