Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2013 → Efeito da água produzida nos atributos microbiológicos do solo sob cultivo de plantas no semiárido

Universidade Federal do Ceará (2013)

Efeito da água produzida nos atributos microbiológicos do solo sob cultivo de plantas no semiárido

LOPES, Eva Dayana Oliveira Rios

Titre : Efeito da água produzida nos atributos microbiológicos do solo sob cultivo de plantas no semiárido

Effect of produced water on soil microbial attributes under plants cultivation in semiarid

Auteur : LOPES, Eva Dayana Oliveira Rios

Université de soutenance : Universidade Federal do Ceará

Grade : Mestrado em ecologia e recursos naturais 2013

Résumé
A degradação ambiental e as restrições hídricas de regiões semiáridas comprometem a produção agrícola e reforçam a necessidade de manejo da água para manutenção da produtividade das culturas. Pesquisas sugerem o uso de água produzida, obtida no processo de extração do petróleo, como alternativa de irrigação, especialmente em áreas próximas aos campos petrolíferos com escassez de água. No entanto, têm-se limitações da aplicação dessa água devido à presença comum de sais, compostos tóxicos e metais que podem impactar negativamente o solo. Este estudo teve por objetivo avaliar atributos microbiológicos do solo cultivado com oleíferas irrigadas com diferentes águas (subsolo e água produzida) e compará-los com solos controles não cultivados e sob vegetação nativa. Experimentos com espécies de girassol e mamona irrigadas com água captada do subsolo (AC), água produzida tratada com filtragem simples (APF), água produzida tratada por osmose reversa (APO) e solo não cultivado (NCNI) foram conduzidos na fazenda Belém, Aracati, Ceará. O solo rizosférico da camada superficial (0-10 cm) foi coletado nos períodos pré-plantio e durante as fases de crescimento e florescimento das culturas, e avaliado através das variáveis densidade populacional de fungos filamentosos e bactérias cultiváveis, carbono orgânico (COT), carbono da biomassa microbiana (CBM), respiração basal (RB), quociente metabólico (qCO2) e atividade enzimática. A partir dos resultados pôde-se concluir que tratamentos com APF e APO afetam de forma distinta os atributos do solo, com o primeiro alterando positivamente o número de micro-organismos e a atividade enzimática, enquanto o segundo reduz a desidrogenase e as populações de fungos e bactérias do solo. A irrigação com AC e APF teve efeitos semelhantes sobre os indicadores estudados. Não foram detectadas diferenças entre tratamentos de manejo do solo quando analisados os parâmetros COT, CBM, RB e qCO2 no primeiro ciclo das culturas. Os valores da maioria dos indicadores microbiológicos avaliados foram similares na mata nativa e nas áreas cultivadas com oleíferas irrigadas.

Présentation

Version intégrale (0,92 Mb)

Page publiée le 10 avril 2019