Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2017 → Seleção de genótipos de algodoeiro de fibra colorida para as condições da região semiárida do Nordeste

Universidade Estadual da Paraíba (2017)

Seleção de genótipos de algodoeiro de fibra colorida para as condições da região semiárida do Nordeste

Albuquerque, Rommel Raphael Santos de

Titre : Seleção de genótipos de algodoeiro de fibra colorida para as condições da região semiárida do Nordeste

Auteur : Albuquerque, Rommel Raphael Santos de

Université de soutenance : Universidade Estadual da Paraíba

Grade : Mestre em Ciencias Agrarias 2017

Résumé
No Brasil, a cultura do algodão encontra-se consolidada como uma parte significativa do setor agrícola. A mesma apresenta uma importância socioeconômica relevante para a região Nordeste. Entretanto com as irregularidades do clima da região, incide a necessidade de novas cultivares adaptadas, que sejam mais tolerantes ao estresse hídrico, bem como com uma qualidade da fibra e produtividade superiores. A utilização de cultivares de algodão com a fibra colorida, vem sendo uma alternativa importante para o produtor, possuindo valor econômico e rentabilidade maior, por agregar valor à agricultura nordestina e mudar a perspectiva, principalmente, da agricultura familiar que necessita de uma nova dinâmica, para se tornar competitiva no mercado atual. O principal objetivo desse trabalho foi o de selecionar genótipos superiores de algodoeiro da fibra colorida para as características agronômicas e tecnológicas, com adaptabilidade para as condições da região semiárida brasileira. O experimento foi conduzido em condições de campo, com regime de complementação hídrica, em área representativa de condições semiáridas nordestinas, localizado na Estação Experimental da EMPARN, no município de Apodi – RN, iniciando-se em março/2016. Foram utilizados 14 genótipos provenientes do Banco Ativo de Germoplasma de algodão da Embrapa, escolhidos previamente por suas características de qualidade da fibra e tolerância ao estresse hídrico. Os genótipos selecionados foram : BRS Topázio, CNPA-2002-10327 e o CNPA-2002-10398. Os mesmos apresentam maior produtividade e qualidade tecnológica da fibra, sendo, portanto, importantes para o programa de melhoramento dessa cultura para as condições hídricas da região semiárida nordestina.

Mots Clés  : Melhoramento genético Estresse hídrico Algodão Gossypiun hirsutum L. Cotton Plant breeding Water stress

Présentation

Version intégrale (17,1 Mb)

Page publiée le 29 mars 2019