Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2013 → Substrato e luminosidade na emergência e no desenvolvimento inicial de pitaia

Universidade Estadual de Londrina (2013)

Substrato e luminosidade na emergência e no desenvolvimento inicial de pitaia

Moritz Aline

Titre : Substrato e luminosidade na emergência e no desenvolvimento inicial de pitaia

Auteur : Moritz Aline

Université de soutenance : Universidade Estadual de Londrina

Grade : Mestrado em Agronomia 2013

Résumé
O trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de substratos e luminosidades sobre a emergência de sementes e desenvolvimento inicial de três genótipos de pitaia, Hylocereus undatus, H. undatos x H. costaricensis e H.costaricensis x H. undatus. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Testaram-se os substratos vermiculita de granulometria média, casca de arroz carbonizada, substrato comercial Plantmax HÁ ® e fibra de coco Amafibra padrão 80 ®, todos umedecidos a 70% da capacidade máxima de retenção de água. As luminosidades testadas foram 25 ; 50 ; 75 e 100%. Para se obter os níveis de sombreamento utilizaram-se telas de polipropileno de coloração preta. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x4x4, sendo três genótipos de pitaia, quatro substratos e quatro sombreamentos, com quatro repetições de 50 sementes cada. A avaliação constituiu-se de porcentagem de plântulas emergidas, índice de velocidade de emergência e tempo médio de emergência. Após cinco meses foram avaliados : número de plantas sobreviventes, comprimento da maior raiz, de parte aérea e total e massa seca das plântulas. Os dados foram submetidos à análise de variância e comparados pelo teste de Scott-Knott a 5%. De modo geral os melhores resultados foram obtidos pelos híbridos, nas luminosidades intermediárias e no substrato fibra de coco.

Mots Clés  : Cactus, Plant substrates, Plants, Effect of light on

Présentation

Page publiée le 21 avril 2019