Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Comportamento e efeito do fogo sobre os ecossistemas do bioma cerrado : modelos baseados em processos

Universidade de Brasília (2018)

Comportamento e efeito do fogo sobre os ecossistemas do bioma cerrado : modelos baseados em processos

SILVA, Letícia Gomes da

Titre : Comportamento e efeito do fogo sobre os ecossistemas do bioma cerrado : modelos baseados em processos

Auteur : SILVA, Letícia Gomes da

Université de soutenance : Universidade de Brasília

Grade : Doutorado em Ecologia 2018

Résumé
O Cerrado, é o segundo maior bioma da América do Sul e o que contem a savana de maior biodiversidade do mundo. Entretanto, nas últimas décadas a fragmentação de habitats, o aumento da temperatura e a intensificação da seca têm alterado a frequência do fogo nessa região e provocado mudanças na estrutura da vegetação, na biodiversidade e no funcionamento dos ecossistemas. Queimadas frequentes implicam principalmente em reduções da biomassa vegetal, invasão de espécies exóticas e aumento das emissões de gases do efeito estufa. Por outro lado, ausência do fogo também tem ameaçado a vegetação savânica, provocando o adensamento e a homogeneização das espécies arbóreas. Apesar dessas ameaças, ainda sabemos pouco sobre as relações entre o comportamento do fogo e seus determinantes, bem como os seus efeitos sobre o ecossistema. Neste trabalho, foi compilado informações a partir de estudos existentes no Cerrado sobre o comportamento do fogo em formações campestres, savânicas e florestais. Os objetivos desse estudo foi : 1) definir como podemos avançar no conhecimento sobre o comportamento e o efeito do fogo ; 2) definir quais são os determinantes do comportamento do fogo e emissões de carbono e 3) construir um modelo ecológico para predizer o comportamento e o efeito do fogo sobre a dinâmica temporal da biomassa da vegetação e emissões de carbono com diferentes frequências de fogo. Para avançar no conhecimento estudos em ecologia do fogo no Cerrado precisam expandir em escala preditiva (mudança de driver único para múltiplos), em escala espacial (mudança de site para bioma) e em escala de tempo (mudança de curto para longo prazo). Os principais determinantes do comportamento do fogo (velocidade do fogo, intensidade do fogo e calor liberado) e emissões de carbono (combustível fino consumido, fator de combustão e carbono liberado) foram a quantidade de combustível fino e o vapor de déficit de pressão d’água. As simulações do modelo construído demonstraram que queimadas bienais mantêm constante a biomassa de herbáceas e gramíneas. No entanto, esse intervalo de tempo não permite a recuperação da biomassa de arbustos e árvores e o retorno do carbono emitido durante a queimada. Os resultados deste estudo poderão auxiliar na compreensão do comportamento e efeito do fogo sobre o ecossistema do bioma Cerrado, auxiliando na elaboração de planos de manejo do fogo

Présentation et version intégrale

Page publiée le 18 mai 2019