Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2018 → Utilização de águas de alta concentração de sais como alternativa para a irrigação de sorgo (Sorghum bicolor (l.) moench) na região de Mossoró-RN

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) 2018

Utilização de águas de alta concentração de sais como alternativa para a irrigação de sorgo (Sorghum bicolor (l.) moench) na região de Mossoró-RN

Lino, Vitor Abel da Silva

Titre : Utilização de águas de alta concentração de sais como alternativa para a irrigação de sorgo (Sorghum bicolor (l.) moench) na região de Mossoró-RN

Use of high concentration waters of salts as alternative for the irrigation of sorghum (Sorghum bicolor (L.) Moench) IN Mossoró-RN region

Auteur : Lino, Vitor Abel da Silva

Université de soutenance : Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Grade : Mestrado em Fitotecnica 2018

Résumé
A salinidade é um problema que afeta as regiões áridas e semiáridas. Devido às baixas precipitações pluviométricas e alta evaporação da água, os sais se concentram no solo e na água, em sua maioria salobras. A irrigação se faz necessária nessas regiões, mas o volume requerido pelas culturas é alto. Uma forma de remediar esse volume é uma irrigação deficitária, utilizando um volume menor do que o requerido pela planta, mas sem afetar produtivamente a cultura. O sorgo é uma planta C4, de dias curtos e com altas taxas fotossintéticas, mais tolerante ao déficit e excesso de umidade no solo do que a maioria dos outros cereais e pode ser cultivada numa ampla faixa de condições de solo. Assim, este trabalho teve como objetivo verificar a influência exercida pela lâmina e salinidade da água de irrigação na cultura do sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) no âmbito produtivo, biométrico e nutricional. O experimento foi realizado no período de março a julho de 2016, em Mossoró/RN. Os tratamentos estudados foram constituídos de três fatores, concentração de sais da água de irrigação de 0,8 ; 2,4 ; 3,43 e 4,81 dS m-1 (S1, S2, S3 e S4), lâminas de irrigação de 80, 98 e 127% da ETc (L1, L2 e L3) aplicados via gotejamento e cultivares de sorgo BRS 506, IPA 2502 e Ponta Negra (C1, C2 e C3), arranjados em esquema fatorial com parcelas subdivididas, ficando as cultivares nas sub-parcelas (4x3)x3. Conclui-se com o trabalho que a salinidade da água de irrigação aumenta a concentração de sais no solo, ao passo que o aumento da lâmina de irrigação até 125% da ETc o reduz. A salinidade da água de irrigação não exerceu influência sobre as características biométricas, reduzindo de forma pouco significativa a altura das plantas (entre 6,75 e 8,71%). A lâmina de irrigação, assim como a salinidade, não influenciou os aspectos biométricos da cultura, demonstrando que a redução em 25% da lâmina tida como a definida não acarretará danos na produção. Para a concentração de nutrientes nos diferentes órgãos da planta, o estudo mostrou que a exigência de macronutrientes (NPK) está ligada à aptidão das cultivares estudadas

Présentation

Version intégrale (1,3 Mb)

Page publiée le 11 janvier 2020