Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Master → Brésil → 2018 → Traços funcionais podem explicar uma maior vulnerabilidade de mamíferos à atropelamentos ?

Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) 2018

Traços funcionais podem explicar uma maior vulnerabilidade de mamíferos à atropelamentos ?

Sá , Nayara Luana Rodrigues de Lima

Titre : Traços funcionais podem explicar uma maior vulnerabilidade de mamíferos à atropelamentos ?

Auteur : Sá , Nayara Luana Rodrigues de Lima

Université de soutenance : Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Grade : Mestrado en Ciencia Animal 2018

Résumé
Um dos grupos mais comprometidos pela alteração da paisagem são os mamíferos pois, além de apresentar uma fragilidade aos impactos ambientais, muitas de suas espécies são dependentes de áreas contínuas de habitat natural. Desta forma, as estradas podem vir a funcionar como barreira para seus deslocamentos. O presente trabalho teve por objetivo verificar se traços funcionais poderiam estar influenciando a vulnerabilidade de mamíferos ao atropelamentos em estradas localizadas ao redor de uma unidade de conservação, a Estação Ecológica do Seridó, no Rio Grande do Norte. Para isso, foram levantados dados de outubro de 2014 a outubro de 2016. Foi realizado o cálculo da taxa de mortalidade nos trechos selecionados, utilizando um modelo matemático simples de divisão, em seguida esse resultado foi utilizado como variável dependente e características funcionais das espécies de mamíferos atropelados como variáveis explicativas (massa corporal (g), comprimento corporal (cm), períodos de atividade (diurna, noturna, arrítmica), comportamento social (solitário ou grupo), guilda trófica (carnívoros, insetívoros, frugívoros, omnívoros, herbívoros), carniça (sim ou não), substrato de forrageamento (terrestre, terrestre-arbóreo), longevidade (anos), independência alimentar (semanas), obtidas por meio da literatura especializada. Os resultados mostram que a característica que apresentou uma relação significativa com os atropelamentos foi o tipo de substrato de forrageamento, onde as espécies que tem hábito de forrageio terrestre foram as mais atropeladas

One of the groups most affected by the alteration of the landscape is the mammals because, besides presenting a fragility to the environmental impacts, many of its species are dependent on continuous areas of natural habitat. In this way, the roads can act as a barrier to their displacements. The objective of this study was to verify if functional traits could be influencing the vulnerability of mammals to trampling on roads located around a conservation unit, Seridó Ecological Station, in Rio Grande do Norte. For that, data were collected from October 2014 to October 2016. The mortality rate in the selected sections was calculated using a simple mathematical model of division, then this result was used as a dependent variable and functional characteristics of the species of (day, night, arrhythmic), social behavior (solitary or group), trophic guild (carnivores, insectivores, frugivores, omnivores, herbivores) (forage), forage substrate (terrestrial, terrestrial-arboreal), longevity (years), food independence (weeks), obtained through the specialized literature. was the type of foraging substrate, where the species that have habit of foraging terrestrial were the ma are run over

Présentation

Version intégrale (0,73 Mb)

Page publiée le 11 janvier 2020