Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Uso de condicionador de baixo impacto ambiental para melhoria da qualidade de solos coesos de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco (2019)

Uso de condicionador de baixo impacto ambiental para melhoria da qualidade de solos coesos de Pernambuco

MARCELO, Valerio Ferreira

Titre : Uso de condicionador de baixo impacto ambiental para melhoria da qualidade de solos coesos de Pernambuco

Auteur : MARCELO, Valerio Ferreira

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado - Desenvolvimento e Meio Ambiente 2019

Résumé
Os solos coesos, em condições naturais, possuem densidade de até 1,8 g.cm⁻³ e se desestruturam rapidamente em contato com a água. Quando secos, os coesos são extremamente duros e por isto apresentam elevada resistência mecânica à penetração de raízes. O grau de coesão é proporcional ao teor de argila, os coesos têm textura franco-argilo-arenosa ou mais fina e apresentam macroporosidade reduzida. As limitações físicas mencionadas, somadas à baixa quantidade de macro e mesoporos dificultam a permeabilidade afetando diretamente a aeração e percolação da água no solo e por consequência provoca restrições ao desenvolvimento vegetal. Como alternativa para o manejo dos solos, a poliacrilamida (PAM) aniônica pode ser utilizada como condicionadora de solo, melhorando as condições de cultivos agrícolas. O estudo apresenta as contribuições da poliacrilamida, um polímero formado a partir de monômeros de acrilamida, que a formulação difere conforme peso molecular, carga iônica e densidade de carga. A substituição do componente amina (NH₂) no monômero de acrilamida determina a sua carga iônica, sendo as poliacrilamidas aniônicas ambientalmente seguras. Por conseguinte, este estudo teve como objetivo avaliar a influência do uso da poliacrilamida aniônica (Superfloc A-130) como condicionador na atenuação do caráter coeso dos solos ARGISSOLO AMARELO Distrocoeso abrúptico e LATOSSOLO AMARELO Distrocoeso em Pernambuco, visando à melhoria da sua qualidade física e ambiental para uso agrícola. Para isto, foram mensurados os atributos físicos e a disponibilidade de água, tomando como referências suas características básicas do solo (densidade, porosidade, resistências à penetração), aliadas a analises mais especificas que indicam a qualidade do solo, como o Intervalo Hídrico Ótimo e o cultivar de milho BRS Gorutuba como biomarcador, com o intuito de observar as respostas morfológicas da parte área e do sistema radicular pelas principais características biométricas do vegetal e a presença dos macronutrientes (N, P e K) até os 30 dias após a urgência das plantas em casa de vegetação e 90 dias para as plantas cultivadas no campo. Como resultado, a poliacrilamida promoveu maior disponibilidade de água aos solos estudados, redução da coesão, maior disponibilidade dos macronutrientes às plantas em casa de vegetação. O Intervalo Hídrico Ótimo mostrou-se capaz de estimar a água disponível para as plantas relacionadas com as doses aplicadas em campo e em casa de vegetação.

Présentation

Version intégrale (3,58 Mb)

Page publiée le 28 janvier 2020