Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Macroecologia reprodutiva de plantas nas diferentes formações fitogeográficas da Caatinga : efeitos de mudanças climáticas, déficit hídrico e perturbações antrópicas crônicas

Universidade Federal de Pernambuco (2018)

Macroecologia reprodutiva de plantas nas diferentes formações fitogeográficas da Caatinga : efeitos de mudanças climáticas, déficit hídrico e perturbações antrópicas crônicas

SILVA, Jéssica Luiza Souza e

Titre : Macroecologia reprodutiva de plantas nas diferentes formações fitogeográficas da Caatinga : efeitos de mudanças climáticas, déficit hídrico e perturbações antrópicas crônicas

Auteur : SILVA, Jéssica Luiza Souza e

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado - Biologia Vegetal 2018

Résumé
O objetivo desse trabalho foi entender, em escala regional e local, como mudanças climáticas, déficit hídrico e perturbações antrópicas crônicas alteram a distribuição de atributos reprodutivos, diversidade filogenética e funcional de espécies de plantas da Caatinga. Esta tese está dividida em três capítulos. O Capítulo 1 é o primeiro trabalho que objetiva entender como mudanças nas condições climáticas podem interferir na distribuição de atributos funcionais reprodutivos de espécies de plantas endêmicas no Domínio da Caatinga. Mostramos que espécies endêmicas de plantas da Caatinga terão retração de habitat adequado, com maior intensidade para as espécies endêmicas com atributos reprodutivos especialistas, se concentrando na região nordeste da Caatinga. A maior retração de habitat para as espécies endêmicas especialistas pode ser explicada pelo elevado nível de especificidade de condições e recursos, e vulnerabilidade às mudanças climáticas futuras, indicando fuga da região mais quente e seca da Caatinga em direção ao nordeste. Já no Capítulo 2, objetivamos entender como alterações nos níveis de perturbações antrópicas crônicas e na disponibilidade de água interferem na composição e diversidade de estratégias reprodutivas de espécies de plantas com atributos especializados na Caatinga. Observamos que os atributos especializados e diversidade funcional reprodutiva responderam de forma complexa (positiva, negativa, neutra) às fontes de perturbações antrópicas crônicas (CAD). Além disso, as famílias Leguminosae e Euphorbiaceae não ditam os padrões encontrados para a Caatinga. Os gradientes de disponibilidade de água e CAD em florestas tropicais secas está associada às mudanças na composição e frequências de atributos de história de vida de espécies de plantas. A capacidade fisiológica de cada espécie de se proliferar no grandiente hídrico pode limitar a proliferação de algumas espécies de plantas nesse grandiente. CAD pode resultar em uma série de consequências na estrutura e diversidade de comunidades de plantas : 1) a coleta de recursos, madeireiros ou não-madeireiros, pode levar à morte dos indivíduos mais coletados ; 2) a longo prazo, o pastoreio pode elevar o domínio de espécies menos palatáveis e resistentes ao pasto, pode dificultar o estabelecimento de mudas e desenvolvimento de plântulas.

Présentation

Page publiée le 25 janvier 2020