Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Diversidade e distribuição potencial de fungos micorrízicos arbusculares na região semiárida do Brasil

Universidade Federal de Pernambuco (2018)

Diversidade e distribuição potencial de fungos micorrízicos arbusculares na região semiárida do Brasil

SOUSA, Natália Mirelly Ferreira de

Titre : Diversidade e distribuição potencial de fungos micorrízicos arbusculares na região semiárida do Brasil

Auteur : SOUSA, Natália Mirelly Ferreira de

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado - Ciências Biológicas 2018

Résumé
A investigação do papel nicho na distribuição dos fungos micorrízicos arbusculares pode revelar a assembleia de fatores dirigindo os padrões de colonização em grande escala, e apoiar inferências sobre as respostas da comunidade de FMA às mudanças ambientais. Este trabalho foi desenvolvido com base em dados morfológicos, moleculares e dados publicados das espécies de FMA, amostrados ao longo de um gradiente latitudinal cobrindo a região semiárida brasileira. Topo e bases de Inselbergs foram amostrados e a diversidade de FMA nesses afloramentos se apoiou em características morfológicas das espécies. Também procurou-se entender a importância do tipo de habitat dos FMA (solo e raízes), no padrão distribuição desses simbiontes com os dados moleculares. Por último, com meta dados e resultados obtidos nesta, buscou-se identificar preditores isolados da distribuição dos FMA na região semiárida. A interpretação dos dados foi baseada em resultados gerados por modelos estatísticos e modelos preditivos os quais consideraram, distribuição, diversidade e estrutura da comunidade fúngica. Nossos resultados revelam os fatores climáticos e do solo dirigindo a distribuição dos FMA em escala regional e o papel do tipo de habitat do fungo (solo e raízes), em diferenciar os padrões de diversidade. Esses resultados mostram bases para entender o papel funcional dos FMA em ecossistemas semiáridos e suportam futuros estudos em ecologia de FMA.

Présentation

Page publiée le 25 janvier 2020