Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Fenologia e diversidade funcional reprodutiva de uma comunidade em gradiente de precipitação e perturbação

Universidade Federal de Pernambuco (2018)

Fenologia e diversidade funcional reprodutiva de uma comunidade em gradiente de precipitação e perturbação

FORTUNATO, Márcia Emanuelle Madruga

Titre : Fenologia e diversidade funcional reprodutiva de uma comunidade em gradiente de precipitação e perturbação

Auteur : FORTUNATO, Márcia Emanuelle Madruga

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado - Biologia Vegetal 2018

Résumé
Os serviços ecossistêmicos que envolvem floração e frutificação são importantes na disponibilidade de recursos de flores e frutos e para a manutenção de polinizadores e dispersores de sementes. Fatores externos como variação de precipitação e atividades humanas podem alterar os eventos reprodutivos das plantas e comprometer os processos de estrutura e funcionamento de comunidades. A tese tem o objetivo de avaliar a distribuição espacial e temporal e a funcionalidade de flores e frutos em espécies lenhosas de Caatinga em gradientes de precipitação e perturbação antrópica crônica. Para isso, o estudo foi desenvolvido no Parque Nacional do Catimbau, pois possui variação na disponibilidade de precipitação e apresenta diferentes níveis de pressão antrópica. As coletas foram realizadas em parcelas permanentes delineadas no PELD Catimbau (20 x 50 m), com amostragem das espécies lenhosas. Os indivíduos lenhosos (217 de 56 espécies) foram acompanhados por 24 meses e foram realizadas coletas de flores e frutos (101 espécies) para avaliação dos atributos funcionais. A fenologia foi testada com estatística circular, aplicados os índices funcionais (FRic, FEve, FDiv, FDis e FD) e avaliados os efeitos dos gradientes com GLM. Floração e a frutificação ocorreram ao longo dos anos, com picos em ambas fenofases, indicando a sazonalidade dos eventos, principalmente em áreas com menor precipitação. Perturbação humana e sua interação com a precipitação atuam como filtro ambiental limitando a frequência de floração e frutificação. A funcionalidade reprodutiva se mantém ao longo de ambos os gradientes, devido à distribuição homogênea das síndromes de polinização e dispersão que contribui para a manutenção de atributos reprodutivos. Em síntese, precipitação e perturbação antrópica atuam na ocorrência de eventos reprodutivos de floração e frutificação, mas a funcionalidade de flores e frutos se mantém nas espécies lenhosas da Caatinga.

Présentation

Page publiée le 24 janvier 2020