Informations et ressources scientifiques
sur le développement des zones arides et semi-arides

Accueil du site → Doctorat → Brésil → Reuso de resíduo orgânico da piscicultura como condicionante de solo no semiárido

Universidade Federal de Pernambuco (2017)

Reuso de resíduo orgânico da piscicultura como condicionante de solo no semiárido

SILVA, Jorge Luiz Araújo da

Titre : Reuso de resíduo orgânico da piscicultura como condicionante de solo no semiárido

Auteur : SILVA, Jorge Luiz Araújo da

Université de soutenance : Universidade Federal de Pernambuco

Grade : Doutorado - Desenvolvimento e Meio Ambiente 2017

Résumé
A Política Nacional de Resíduos Sólidos determina a adequação da produção comercial de peixes às regras de redução dos passivos ambientais. Os resíduos orgânicos da piscicultura gerados em tanques escavados podem ser usados na produção vegetal em função das propriedades físicas e químicas que apresentam sendo usados como fonte de nutrientes e como condicionador de solos. A produção de lodo sedimentado em tanques escavados foi quantificada e as qualidades agronômicas para o desenvolvimento agrícola em solos no semiárido na região de Itaparica no Nordeste do Brasil foram avaliadas. Estudou-se, em avaliações em campo e experimento em casa de vegetação o potencial de uso dos sedimentos dos tanques escavados. Finalmente, foi proposta a gestão do lodo visando a sua transformação em adubo organo-mineral e, dessa forma, ao integrar a produção animal com a produção vegetal via reciclagem de nutrientes, é factível possibilitar que o impacto ambiental seja minimizado e seja proporcionada uma agregação de valor ao passivo ambiental. A primeira etapa desse estudo foi determinar o conteúdo de nutrientes de valor agronômico do resíduo resultante da produção de alevinos, no semiárido de Pernambuco. Os parâmetros analisados nas caracterizações físicas e químicas das amostras de resíduos foram : matéria orgânica, umidade a 65ºC, relação carbono/nitrogênio e macronutrientes totais (nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio e magnésio). Os resultados analíticos revelaram uma considerável reserva de nutrientes essenciais para as plantas tomando como referência estercos de animais. O resíduo dos tanques escavados apresentou tendência de valores mais altos desses nutrientes, principalmente em K e Mg, atingindo cerca de 2,5 a 5 vezes mais e de 2 a 4 vezes mais, respectivamente, que os estercos de animais. Na sequência, por ciclo de produção de alevinos, foi quantificada a produção do lodo de sedimentação retirado dos tanques escavados. O acréscimo de lodo por ciclo de produção é estimado na ordem de 278 kg por hectare ao dia e a deposição estimada de matéria orgânica e nitrogênio total foi, respectivamente, de 3,2 e 1,4 kg por hectare ao dia. Com base nos nutrientes NPK estimou-se um valor financeiro (ano base 2015) um equivalente parcial de 7500 R$ por hectare ao ano para os lodos acumulados nos tanques escavados. Após, visando o aproveitamento do lodo na produção vegetal, foi realizado um experimento, em casa de vegetação, com 35 dias de duração para avaliar o potencial de uso do lodo na produção de alface crespa. O lodo foi incorporado em um solo (camada de 0-20 cm de um Planossolo Háplico) nos níveis de 25, 50 e 75% sendo avaliado também o uso exclusivo do solo (0%) ou do lodo (100%) como substrato. O delineamento experimental usado foi em blocos casualizados com cinco repetições por tratamento, cada repetição foi composta por três vasos cada um com uma planta. Foram avaliados os pesos ao natural e seco, o diâmetro do caule e a concentração de nitrogênio, fósforo e potássio na parte aérea da planta. Na colheita da alface, a maior produção para massa seca da parte aérea foi alcançada ao nível de 75% de inclusão do lodo. Por último foi realizada uma avaliação econômica financeira para o processamento e industrialização do lodo visando a produção de um adubo organo-mineral para comercialização considerando o potencial de formatar um plano de negócios. Os resultados indicaram que os sedimentos possuem um razoável valor fertilizante e podem ser utilizados como condicionador de solos.

Présentation

Version intégrale (1,71 Mb)

Page publiée le 24 janvier 2020